Políticos do Brasil dão adeus a Maradona; Lula cita apoio a causas sociais

Por Folha de São Paulo / Portal do Holanda

25/11/2020 14h35 — em Famosos & TV

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - A morte do ídolo do futebol Diego Maradona nesta quarta-feira (25) provocou comoção também fora do esporte. Diversos políticos e autoridades brasileiras manifestaram seu pesar nas redes sociais.

O ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva (PT) publicou uma foto de um encontro que teve com o craque argentino e elogiou o talento e a genialidade de Maradona.

"Diego Armando Maradona foi um gigante do futebol, da Argentina e de todo o mundo, um talento e uma personalidade única. A sua genialidade e paixão no campo, a sua intensidade na vida e seu compromisso com a soberania latinoamericana marcaram nossa época", escreveu Lula.

Em outra mensagem, o ex-presidente agradeceu o argentino por sua "solidariedade com as causas populares e com o povo brasileiro", e disse que Maradona jamais será esquecido.

A ex-presidenciável e ex-senadora Marina Silva (Rede) e o presidente do Senado, senador Davi Alcolumbre (DEM-AP), afirmaram que o mundo do futebol está em luto.

+ Famosos & TV