Compartilhe este texto

Polêmica com Pabllo Vittar e Zé Felipe tem troca de farpas e até hashtag

Por Folha de São Paulo / Portal do Holanda

04/07/2022 13h33 — em
Famosos & TV



SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Num tom irônico, a cantora Pabllo Vittar fez críticas ao YouTube, questionando o motivo de a plataforma não ter restringido "Bandido", música de Zé Felipe recém-lançada, assim como fez com a parceria dela com Pocah, "Bandida", em novembro de 2020. A drag publicou a crítica neste sábado, no Instagram.

"Meninas, vocês lembram quando eu lancei 'Bandida' e o YouTube me restringiu fazendo eu colocar um asterisco no final de 'Bandida'? Então, Zé Felipe acabou de lançar uma música que se chama 'Bandido', uma música legal, só que o YouTube não restringiu. Está escrito lá, 'Bandido', com todas as letras", disse Pabllo, num vídeo.

Pouco após ser lançada, a canção de Pabllo e Pocah sofreu restrições do YouTube e não era encontrada nas buscas da plataforma e na seção de videoclipes em alta, o que fez a drag alterar o título da faixa para "Bandid*".

Já a música de Zé Felipe, lançada há duas semanas, não sofreu restrições da plataforma, onde permanece com o nome intacto.

"Eu só fico muito triste quando vejo essa discrepância, já que as diretrizes do YouTube são iguais para todos. Por que comigo sempre é assim?", questionou Pabllo.

Desde a publicação da cantora, fãs da drag e de Pocah vêm usando a hashtag #FreeBandida, exigindo que o YouTube se posicione sobre a aplicação de suas diretrizes. A Folha procurou a plataforma, mas não teve retorno até a publicação deste texto.

Zé Felipe não comentou as críticas de Pabllo. Já a mãe do cantor, Poliana Rocha, comentou a polêmica, no Intagram. "Por admiração ou por inveja, alguém sempre terá algo a dizer sobre você. Em qualquer dos casos, continua fazendo seus planos acontecerem enquanto eles falam", disse ela.

Pouco depois, Rocha voltou atrás nos deboches e tentou amenizar a situação. "Estou aqui humildemente para pedir desculpas. Quero falar que minha intenção jamais é ofender ninguém. Ainda mais alguém que gosto como a Pabllo Vittar. Eu curto suas músicas, seu jeito de ser e quem realmente é", afirmou.

"Todos nós somos passíveis de erros. Enquanto estamos em constante evolução e aprendizado. Então, quem se sentiu ofendido com a minha resposta, me desculpe. Mas a minha intenção não foi essa."


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

ASSUNTOS: Famosos & TV

+ Famosos & TV