.
Siga o Portal do Holanda

Famosos & TV

'Nosso oráculo', diz fundador dos Satyros sobre Maria Alice Vergueiro

Publicado

em

‘Comissão pró Wilson Lima’ desfeita. Aumenta pressão pelo impedimento do governador


SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Personalidades do teatro e da cultura brasileira homenagearam a atriz Maria Alice Vergueiro, morta nesta quarta (3) devido a uma pneumonia.

Aos 85 anos, conhecida pelo despudor e pelas atuações performáticas no teatro brasileiro, ela tinha Parkinson e estava internada no Hospital das Clínicas desde 25 de maio.

O ator e diretor Ivam Cabral, um dos criadores do grupo Satyros, chamou a atriz de "nosso oráculo" e lembrou a importância de Maria Alice tanto na sua vida pessoal como para a companhia e a SP Escola de Teatro. "Seus ensinamentos sempre foram além da cena. Cabiam nas nossas vidas", escreveu numa rede social.

Já o ator Armando Babaioff, famoso pelos papéis na televisão e por trás de uma premiada encenação de "Tom na Fazenda", definiu Maria Alice como uma "operária no teatro". "Obrigado por tudo, pela coragem, pela ousadia, pelo talento. O teatro agradece, nós agradecemos e sentiremos a sua falta", afirmou.

Outro a agradecer a convivência com ela foi o ator Matheus Nachtergaele. "Sem palavras. Gratidão por cada gênio do Brasil com S que tive a honra de amar", disse.

Também nas redes sociais, a apresentadora e diretora Sarah Oliveira lembrou o vídeo "Tapa na Pantera", com uma personagem idosa usuária de maconha, que viralizou no início dos anos 2000, além de citar um outro curta-metragem com ela, o primeiro de Esmir Filho, "Ato 2 Cena 5". "A vida é breve mais intensa. Viva Alice", escreveu Oliveira.


Já leu estas ?

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.