Mari Maria, Mion e mais; ao menos 32 famosos ganharam cachê do governo Bolsonaro, veja lista

Por Portal do Holanda

20/08/2021 19h36 — em Famosos & TV

Foto: Reprodução/Instagram

Planilhas da Secretaria Especial de Comunicação Social entregues à CPI do Senado mostram que pelo menos 32 famosos, entre apresentadores e influenciadores, receberam cachês de campanhas publicitárias do governo de Jair Bolsonaro. Uma parte da lista já havia sido divulgada, mas agora novos nomes foram revelados pelo The Intercept Brasil.

Entre os influencers estão Mari Maria, Nina Secrets,  Flávia Pavanelli, Taciele Alcolea, Fabiola Melo, Shantal Verdelho, Juliana Goes, Mariana Felício

A empresa Oroboro Entertainment pagou R$ 287 mil a influenciadores para uma campanha de enfrentamento da violência contra a mulher. Segundo o site The Intercept Brasil, ao menos R$ 4,3 milhões foram pagos pelo governo federal a apresentadores de TV, radialistas, influencers e uma dupla sertaneja para fazerem merchandising do governo Bolsonaro.

Apresentadores bolsonaristas ou que trabalham em emissoras aliadas do governo como a Record TV e RedeTV! ganharam cachê para falar sobre "cuidado precoce", agenda positiva, lançamento da cédula de R$ 200, a violência contra a mulher e outros seis tópicos.

O apresentador Marcelo de Carvalho, vice-presidente da RedeTV! e apoiador de Bolsonaro, foi quem mais ganhou na emissora, embolsando R$ 122 mil do governo federal através das empresas New Mídia Serviços e TV Ômega Ltda. Outros a ganharem dinheiro do governo foram Luciana Gimenez, Sikêra Júnior e Luís Ernesto Lacombe. Na Record, ganharam cachê do governo Bolsonaro o apresentador Cesar Filho, levando 11 cachês no valor total de R$ 525 mil. Ana Hickmann faturou R$ 411 mil com 9 cachês do governo. A apresentadora é apoiadora de Bolsonaro, tendo postado uma foto ao lado dele em 2019, o chamando de “meu presidente.”. A dupla Simone e Simaria recebeu R$ 1 milhão. 

Outros nomes da lista são: Ticiane Pinheiro, Datena, Luiz Bacci e Marcos Mion - este último que gravou uma campanha sobre o combate ao Aedes aegypti.  Segundo o apresentador, a ação de merchandising foi designada pela emissora da qual era contratado antes de ir para a Globo. “O artista recebe apenas uma fração do valor”, disse em nota.

Para a campanha “cuidado precoce”, a empresa FKD Comunicação, Propaganda e Marketing recebeu R$ 347 mil, repassando desse valor R$ 23 mil para a contratar os influencers Flávia Viana, Pam Puertas, João Zoli e Jessika Taynara. A empresa afirma que a campanha “a não possui qualquer relação com o dito 'tratamento precoce', mas com as ações de cuidados e prevenção à doença, principalmente, no que se refere a procurar atendimento médico aos primeiros sintomas”.

Os valores foram repassados pela Secom por subcontratação das empresas  PPR Profissionais de Publicidade Reunidos, Calia/Y2 Propaganda e Marketing e Artplan Comunicação. A Calia e Artplan, por sua vez, contrataram 3 empresas que escolheram os influenciadores.  Questionada, a Calia afirmou que “também foram utilizados apresentadores de outros canais como SBT e Band em diversas campanhas governamentais.”. Já a Artplan também ressaltou que não contratou somente apresentadores da Record e Rede TV!: “A Artplan disponibilizou todos os documentos e prestou todas essas informações. Todos esses dados são públicos e estão disponíveis no Portal da Transparência.”

Confira a lista 

Ana Hickmann

Cesar Filho
Luís Ernesto Lacombe
Milton Neves
Ticiane Pinheiro
Marcos Mion
Luiz Bacci
Marcelo de Carvalho
Sikêra Jr
Luciana Gimenez
Livia Andrade
Benjamin Back

Mari Maria

Nina Secrets
Flávia Pavanelli
Taciele Alcolea
Fabiola Melo
Shantal Verdelho
Juliana Goes
Mariana Felício
Dayanne Ribeiro
Adonias
Família Jeito Loko de Ser
Flávia Viana
Pam Puertas
João Zoli 
Jessika Taynara
Simone e Simaria


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Famosos & TV