Siga o Portal do Holanda

Saúde e Bem-estar

Jovem fica paraplégica após complicações com piercing no nariz

Publicado

em

Foto: Reprodução Instagram Layane / Bárbara Leite

A jovem Layane Dias, 21, ficou paraplégica após uma infecção causada ao colocar um piercing no nariz no ano passado.

Em entrevista a revista ‘Ana Maria’, Layane contou como tudo aconteceu. “Tudo começou em junho de 2018, quando decidi furar o nariz. Pouco mais de um mês após a aplicação, uma bolinha vermelha nasceu na ponta do meu nariz, como se fosse uma espinha, mas ela desapareceu em uma semana. No entanto, dois dias após esse ‘sumiço’, comecei a sentir fortes dores nas costas. Na época, tinha acabado de conseguir um estágio na minha área e fui comemorar em um barzinho com algumas amigas. Como dancei e me diverti bastante, achei que as dores pudessem ser por conta disso. Mas elas pioraram”, contou.

“Decidi procurar um posto de saúde, e me deram algumas injeções para eliminar a dor, mas o efeito não durava muito. Os dias foram passando e, já no final daquela semana, após conseguir dormir com a ajuda de remédios, acordei e não conseguia mais sentir as pernas”, lembrou.

Layane havia contraído uma infecção na medula óssea causada pelo piercing. “Acabei internada para uma investigação, que não encontrava nada. Foram os piores dias da minha vida, até que um exame de sangue indicou uma infecção. Com a ajuda de uma ressonância de contraste, os médicos enxergaram 500ml de pus contraindo a minha medula espinhal. Era por isso que eu sentia tantas dores e não conseguia mais movimentar a parte de baixo do meu corpo.

Apesar de uma cirurgia de emergência ter sido realizada, não conseguia mais andar. Essa foi a pior parte, pois não imaginava que fosse voltar de cadeira de rodas para casa”, lembrou.

A estudante de RH contou ainda que no início foi difícil, mas depois percebeu que ficar triste não mudaria em nada seu diagnóstico. “Já pensei muito sobre o dia em que coloquei o piercing.  No começo, bateu um arrependimento forte, principalmente quando descobri que ele foi o culpado da minha situação. Mas hoje eu acredito que tudo tem um propósito, e já não tenho sentimentos ruins sobre isso”.

Apesar de raro, casos como o de Layane podem acontecer devido a fatores como falta de higiene do estúdio e o próprio organismo da pessoa. “Muito provavelmente ela já possuía uma grande quantidade dessas bactérias no nariz e, ao furar o local, elas encontraram uma forma de chegar até a corrente sanguínea e se proliferarem”, explicou o o infectologista Felipe Tuon, professor da PUC-PR.

O infectologista também alerta: “Uma limpeza feita com água, sabão e antissépticos é o ideal para a ajudar essa cicatrização, evitando que bactérias oportunistas como essa se proliferem”.

 

O grito de guerra dos professores

-

Para compartilhar esse conteúdo, por favor utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

HORAH do H ENTREVISTA: MANUEL AUGUSTO PINTO CARDOSO, CIENTISTA DIGITAL

 Siga o Holanda

Amazonas

Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.