Compartilhe este texto

Ex-BBB expulso Marcos Harter perde processo de R$ 750 mil contra Globo

Por Portal do Holanda

27/05/2022 19h51 — em
Famosos & TV


Foto: Reprodução/TV Globo

Marcos Harter perdeu o processo de indenização por danos morais e materiais que movia contra a Globo após ser expulso do Big Brother Brasil 17 por agressão à participante Emilly Araújo, que posteriormente venceu o reality show. 

O cirurgião plástico, na época aos 37 anos, engatou um namoro com Emilly, de 20 anos. Durante uma discussão que durou horas, Marcos apertou os braços e pulsos da participante, que ficou com alguns hematomas, conforme comprovação de laudo médico. Marcos também foi acusado de abuso psicológico por telespectadores na época. 

Após conversar com Emilly e analisar as imagens da discussão, a Globo considerou que Marcos infringiu as regras do programa e expulsou o participante. 

Ele pediu na Justiça R$ 375 mil por danos morais e mais R$ 375 mil por danos materiais, por ter, segundo ele, sido exposto ao "escracho público' e a alcunha de agressor de mulheres”, além de tê-lo tirado as chances de ser campeão do programa, do qual, segundo ele próprio, era um dos favoritos do público. 

Na decisão, a  2ª Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça de São Paulo argumentou que é dever da emissora adotar medidas que visem a preservar a integridade física e psíquica dos participantes de um programa que reúne pessoas em situação de confinamento por longo período.  

"Ficou devidamente comprovado que a exclusão do autor do programa foi em virtude de comportamento incompatível com o estipulado em regulamento, do qual tinha pleno conhecimento. Agindo de forma contrária, efetuando a quebra de regras, certo era sua expulsão. Agindo de forma agressiva com sua companheira, em rede nacional, o próprio autor causou danos a sua imagem, danos estes que não podem ser atribuídos a requerida. Também não há como atribuir a requerida a responsabilidade pela reprodução de imagens e matérias", concluiu o desembargador  João Baptista Galhardo Júnior.

Na ação, foi anexado o laudo médico que comprovou as lesões sofridas por Emilly, e também foi citado o depoimento da própria vítima confirmando que Marcos a beliscou, torceu seu pulso e deu apertões nos braços em diversas ocasiões, além de ter agido de forma agressiva durante discussões. As informações foram divulgadas pelo Conjur.


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

ASSUNTOS: Famosos & TV

+ Famosos & TV