Siga o Portal do Holanda

Famosos & TV

É o Tchan coloca todos para dançar em periferia da zona sul

Publicado

em

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O grupo de pagode É o Tchan entrou no palco M'Boi Mirim, em Piraporinha, zona sul de São Paulo exatamente às 12h15 neste domingo (18). O show já iniciou animando o público presente com um dos grandes sucessos: "Paquerei".

Essa é terceira vez que É o Tchan participa da Virada Cultural de São Paulo e a primeira no bairro da zona sul. "M'Boi Mirim? É isso? É! Eu sei de tudo. Obrigado por terem chegado cedo aqui. Revivendo os velhos tempos do é o Tchan que está completando 25. Fiquem de olho que um novo DVD vem aí", dispara Compadre Washington.

O show contagiou geral que estava no espaço. Durante a apresentação, algumas fileiras na frente do palco se formaram para dançar as musicas do grupo que estouraram nos anos 90 e 2000.

Duda Borges, 49, foi uma das primeiras a chegar no evento e conta que ficou muito feliz que o órgão público tenha inserido a periferia na rota da Virada. "Eu acho super importante. Sinal que a periferia está sendo valorizada, que a Prefeitura está dando valor a gente, contratando artistas bons, deixando a gente animado e levantando nosso astral", conta.

A bancária Cássia Soares, 55, estava indo ao mercado quando se deparou com o palco montado com artistas que marcaram sua vida no passado. "Eu amei! Foi sem querer, mas eu dancei muito. Eu até gravei para minhas filhas que estão no litoral para mostrar o que eles perderam", brinca.

O show ainda contou com participação de Reinaldinho (ex-Terra Samba) e Ninha (ex-Timbalada). Recentemente, a dupla que esteve junto na turnê "Axé 90 Graus", fez todos pularem abraçados ao som de "Água Mineral".

"O nosso tempo infelizmente acabou. Mas se vocês cantarem essa, a gente continua", fala Beto Jamaica. Respondendo o pedido, o público em coro canta "Dança da cordinha". Sendo assim, a última música da setlist repleta de hits, como "Bambolê", "Segure o Tchan" e "A nova loira do Tchan".

O show acabou pontualmente às 13h15. De acordo com coordenação do evento, cerca de 2.000 pessoas estavam no local. Ainda hoje no palco M'Boi Mirim, Tinkus, Exaltasamba e a dupla Cidinho e Doca se apresentam.

Moro é 'vitima' de delações reais e não premiadas

Para compartilhar esteconteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.


Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.