Carlinhos Maia e prefeito serão intimados por ‘convite’ para vacina

Por Portal do Holanda

21/01/2021 18h41 — em Famosos & TV

Foto: Divulgação

O Ministério Público Estadual do Alagoas (MP-AL) irá intimar o prefeito de Maceió, João Henrique Caldas (PSB), e o influenciador Carlinhos Maia, para prestarem esclarecimentos sobre o suposto convite feito pelo político ao influencer furar a fila prioritária e tomar a vacina contra o novo coronavírus.

A investigação ocorre após o próprio Carlinhos Maia afirmar nas redes sociais que foi convidado no  para ser um dos primeiros moradores de Alagoas a tomar a CoronaVac. No entanto, ele disse que não aceitou por não achar justo com pessoas que, ao contrário dele que realizou festas com muita aglomeração durante a pandemia, ficaram isoladas cumprindo o distanciamento social, como recomendado. 

Nesta quinta-feira, a 67ª Promotoria de Justiça da Saúde instaurou o Procedimento Preparatório sobre o caso, no intuito de garantir a lisura na campanha de vacinação.  De acordo com o MP-AL, a intimação às partes deve ocorrer na próxima semana. 

Sobre o convite

"Me convidaram aqui no meu estado para ser um dos primeiros a tomar a vacina [CoronaVac]. Não acho justo com quem ficou em casa todo esse tempo, não aceitei. Mas, filmarei mesmo assim para incentivar ainda mais a vacinação dentro do público que me segue. Lembrando que a ideia era pela divulgação, porque tem gente que ainda tem medo de tomar a vacina. Mas, farei a divulgação mesmo assim. Sobre a vacina, a ideia da campanha era influenciar as pessoas a tomarem", disse Carlinhos no Twitter.

A publicação foi seguida de fortes críticas. Ao Uol, a assessoria do influenciador afirmou que ele foi convidado para participar da campanha de incentivo ao público, mas que vai esperar a sua faixa etária para ser vacinado.


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Famosos & TV