'Cada pessoa tem sua história', diz Britney Spears sobre seu documentário

Por Folha de São Paulo / Portal do Holanda

10/02/2021 10h04 — em Famosos & TV

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A cantora Britney Spears, 39, se manifestou publicamente, pela primeira vez, sobre o documentário não-autorizado "Framing Britney Spears", produzido pelo jornal The New York Times. "Cada pessoa tem sua história e sua opinião sobre as histórias dos outros. Nós todos temos muitas vidas lindas e brilhantes!", declarou.

O filme conta a história da ascensão de Britney no mundo da fama, e como a artista foi alvo perseguido pela imprensa e mídia. Também foca no acordo judicial sob qual a cantora está, desde seu surto em 2007, que a proíbe de administrar sua própria vida e finanças e a coloca sob a tutela de seu pai, Jamie Spears.

"Lembre, não importa o quanto a gente ache que sabe sobre a vida de uma pessoa, nada se compara a própria pessoa por trás das câmeras", continuou Britney em seu Twitter. Ela também compartilhou um vídeo de sua performance de "Toxic" em 2018, e escreveu: "Eu sempre amei estar no palco, mas estou tirando um momento para aprender como ser uma pessoa normal".

Seu namorado, o iraniano Sam Asghari, 27, também falou sobre o documentário: "Eu sempre quis nada além do melhor para minha cara-metade e continuarei a apoiá-la em seus sonhos e na criação do futuro que ela deseja e merece", afirmou em declaração à People, "Sou grato por todo o amor e apoio que ela está recebendo de seus fãs em todo o mundo".

Um tema também abordado em "Framing Britney Spears" é a campanha #FreeBritney, que tem apoio de milhares de fãs e voltou à tona após o lançamento da produção. Os apoiadores acreditam que a cantora é refém justamente devido ao acordo judicial, e ganhou força em 2020 quando a artista pressionou seu pai para que ele deixasse o papel de tutor.

Sam também desabafou nesta terça-feira (9), sobre a conduta de Jamie Spears para com o relacionamento dos dois: "Agora é importante que as pessoas entendam que não tenho nenhum respeito por alguém que tenta controlar nosso relacionamento e [está] constantemente lançando obstáculos em nosso caminho", escreveu em um Stories.

" Na minha opinião, Jamie é um idiota total. Não vou entrar em mais detalhes porque sempre respeitei nossa privacidade, mas ao mesmo tempo, não vim para este país para não poder expressar minha opinião e liberdade", finalizou o dançarino.


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Famosos & TV