Polícia atira em homem negro em Wisconsin e Estado dos EUA tem noite de protestos

Por Estadão Conteúdo / Portal do Holanda

24/08/2020 10h55 — em Mundo

Protestos contra a violência policial eclodiram no Estado norte-americano de Wisconsin após mais uma ação policial que culminou em violência contra um homem negro na cidade de Kenosha. Câmeras filmaram o momento em que policiais disparam pelo menos sete vezes contra Jacob Blake, na tarde do domingo, 23.

O caso aconteceu por volta das 17 horas (hora local) enquanto os oficiais respondiam a um "incidente doméstico".

Após os disparos, a vítima foi imediatamente levada para um hospital, de acordo com um comunicado divulgado pelo departamento de polícia da cidade.

Blake foi levado para o Hospital Froedtert, em Milwaukee, e está internado em estado grave.

Um vídeo que circula nas redes sociais mostra o momento exato dos disparos. Abordado pelos policiais, com armas em punho, Blake caminha até seu carro, acompanhado de perto. Ao abrir a porta, o americano é alvejado por um dos policiais, que faz pelo menos sete disparos contra ele.

De acordo com ativistas da comunidade afro-americana, os filhos de Blake estavam no carro no momento dos disparos.

O Departamento de Justiça de Wisconsin não deu nenhuma explicação sobre o que levou à ação dos policiais.

Postagens nas redes sociais mostraram grandes multidões marchando pelas ruas e jogando coquetéis molotov e tijolos contra a polícia.

As autoridades responderam com a imposição de um toque de recolher em toda a cidade até às 7 horas desta segunda-feira, 24.

Há protestos em andamento nos Estados Unidos contra a brutalidade policial e o racismo desde a morte, em 25 de maio, de George Floyd, homem negro de 46 anos, depois do assassinato cometido por um policial branco, que se ajoelhou em seu pescoço por quase nove minutos.


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Mundo