Compartilhe este texto

Suspeito de racismo contra menina que usava camisa de Vini Jr é preso

Por Folha de São Paulo

29/02/2024 10h30 — em
Esportes


Foto: Reprodução/ Instagram

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - A polícia espanhola prendeu um torcedor do Atlético de Madri suspeito de ataques racistas contra uma menina de oito anos que usava a camisa de Vini Jr. nos arredores do estádio Metropolitano, durante o clássico de setembro do ano passado.

As autoridades conseguiram identificar o agressor por meio de vídeos fornecidos por um jornalista presente no local, culminando na sua detenção e posterior apresentação judicial.

A notícia da detenção do suspeito foi publicada pela imprensa espanhola na manhã de hoje (29). Na época, o episódio gerou muita repercussão internacional.

A tia da criança relatou à rádio espanhola "SER" que as injúrias raciais incluíram ameaças de morte. Ela apresentou queixa na polícia, relatando ter ouvido gritos de "fora vikingos de merda", "madridistas filhos da p***, saiam daqui que vamos cortar sua boca e matar vocês".

A criança teve que sair do local junto com seus familiares devido a um forte ataque de ansiedade causado pelo incidente.

Após o episódio, o Real Madrid convidou a criança e sua família para assistirem à partida seguinte do clube no Santiago Bernabéu, onde ela conheceu os jogadores, inclusive Vini Jr., e ganhou uma camisa autografada pelos atletas.


Siga-nos no
O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

ASSUNTOS: Esportes

+ Esportes