São Paulo vê River um degrau acima e situação complicada na Libertadores São Paulo vê River um degrau acima e situação complicada na Libertadores

São Paulo vê River um degrau acima e situação complicada na Libertadores

Por Folha de São Paulo / Portal do Holanda

19/09/2020 10h04 — em Esportes

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - O São Paulo sabe que a sua situação ficou um pouco mais complicada na Copa Libertadores após o empate por 2 a 2 com o River Plate na última quinta-feira (17). Agora, o clube ocupa a terceira colocação no grupo D da competição.

Na avaliação do time tricolor, além de não figurar na zona de classificação às oitavas de final e de ter duas partidas fora de casa neste returno, a equipe argentina está um degrau acima das outras equipes do continente.

Fernando Diniz ressaltou diversas vezes em sua entrevista, por exemplo, o fato de o time adversário manter a mesa base há três anos. Para a comissão técnica, a qualidade técnica e o entrosamento do River Plate podem fazer a diferença nessa etapa da competição. Por isso, não por acaso o time argentino é visto como um dos favoritos para conquistar o título.

Ainda na análise do departamento de futebol são-paulino, a situação complicada na tabela de classificação se deve ao resultado negativo na partida em Juliaca, no Peru, contra o Binacional. Na ocasião, o time do Morumbi teve a oportunidade de abrir um placar elástico, mas acabou derrotado por 2 a 1, no início de março.

Outros fatores que fizeram o empate contra o River Plate ser visto como um resultado negativo são os seis meses sem partidas do time argentino por causa da pandemia do novo coronavírus, e a vitória da LDU sobre o Binacional, fora de casa, na última terça (15).

Para complicar ainda mais a situação dos tricolores, Diniz não deve contar com Daniel Alves na partida desta terça (22). Apesar de ter treinado com o time nos últimos dias, o jogador ainda se recupera de cirurgia no antebraço direito e não deve ser liberado pelo departamento médico para atuar.

+ Esportes