Compartilhe este texto

São Paulo faz 3 a 0 no Atlético-GO com golaço de Calleri e Zubeldía de olho

Por Folha de São Paulo

21/04/2024 20h00 — em
Esportes



ARACAJU, SE (UOL/FOLHAPRESS) - O São Paulo venceu o Atlético-GO por 3 a 0 e somou seus primeiros pontos no Brasileirão, neste domingo (21), no estádio Antônio Accioly.

Calleri e Ferreirinha marcaram golaços, e Luciano deixou o seu em cobrança de pênalti sofrido por ele mesmo. O Atlético-GO teve dois jogadores expulsos e foi presa fácil mesmo jogando em campo.

O Tricolor foi comandado pelo interino Milton Cruz, mas jogou sob os olhares do novo técnico, o argentino Luís Zubeldía. Ele desembarcou hoje no Brasil e viajou a Goiânia para assistir in loco seu novo time.

Com a vitória, o São Paulo vai a três pontos no Brasileirão, na 14ª colocação. Já o Dragão segue zerado, com três derrotas, na vice-lanterna do campeonato.

Na próxima rodada, na segunda-feira (29), o Tricolor recebe o Palmeiras em clássico no Morumbis. Um dia antes, o Atlético-GO visita o Inter, no Beira-Rio.

Zubeldía chega e vai ao jogo em Goiânia

Novo técnico do São Paulo, o argentino Luis Zubeldía desembarcou hoje pela manhã no aeroporto de Guarulhos e viajou à tarde para Goiânia. Ele assistiu ao jogo ao lado do presidente do clube, Julio Casares, em um camarote do Antônio Accioly. A dupla chegou no estádio já com bola rolando e se dirigiu às tribunas.

Calleri chegou a cinco gols em 15 jogos na temporada. Agora, são 67 bolas na rede com a camisa do São Paulo.

Com o interino Milton Cruz no comando, o São Paulo voltou a jogar com três zagueiros, mas com André Silva e Calleri como dupla de ataque. Luciano atuou mais atrás, como armador, com liberdade de movimentação e se aproximando dos alas. O Tricolor apostou nas bolas aéreas e foi assim que construiu os dois primeiros gols.

Como foi o jogo

O São Paulo se impôs desde o início e fez 1 a 0 com um golaço de cabeça de Calleri. Detalhe para a assistência de André Silva, que começou de titular após boas partidas saindo do banco e respondeu em campo com boa atuação. Mesmo jogando em casa, o Atlético-GO não conseguiu produzir, errou muito e não levou perigo ao gol de Rafael. Primeiro tempo muito seguro do São Paulo.

Dominante em campo, o Tricolor ampliou no início do segundo tempo, em cobrança de pênalti de Luciano. No lance, o zagueiro Luiz Felipe foi expulso e colocou por água abaixo os planos de Jair Ventura, que fez duas mudanças no intervalo. Com a vitória encaminhada, o São Paulo ainda viu o Atlético-GO ter mais um jogador expulso.

Gols e destaques

São Paulo faz 1 a 0. Aos 13 minutos do primeiro tempo, Calleri fez um golaço de cabeça. Golaço de cabeça? Sim: o centroavante recebeu cruzamento de André Silva e marcou de costas para o gol, guardando a bola no cantinho. Coisa de quem sabe, especialista na posição.

Luciano sofre pênalti e amplia. Aos 6 minutos da segunda etapa, Luciano converteu pênalti sofrido por ele mesmo e fez 2 a 0 para o São Paulo. O lance provocou a expulsão de Luiz Felipe, que recebeu vermelho direto após o VAR enxergar um cotovelada do zagueiro no atacante.

Ferreirinha marca o terceiro. O atacante entrou no lugar de Calleri e fez 3 a 0 aos 30 minutos. Ele recebeu pela esquerda, puxou para dentro e bateu colocado no canto. Jogada clássica do rápido atacante são-paulino.

FICHA TÉCNICA

Atlético-GO 0 x 3 São Paulo

Competição: Brasileirão Série A (3ª rodada).

Data e hora: domingo, 21, às 18h30 (de Brasília).

Local: Estádio Antonio Accioly, em Goiânia (GO).

Árbitro: Bráulio da Silva Machado.

Assistentes: Rodrigo Figueiredo Henrique Correa e Thiaggo Americano Labes.

Cartões amarelos: Gabriel Barros, Baralhas e Roni (Atlético-GO).

Cartões vermelhos: Luiz Felipe e Gabriel Barros (Atlético-GO).

Gols: Calleri, aos 13 minutos do primeiro tempo; Luciano, aos 6 minutos, e Ferreira, aos 30 do segundo tempo.

Atlético-GO: Ronaldo; Bruno Tubarão, Luiz Felipe, Alex Vinicius e Guilherme Romão; Roni (Rhaldney), Baralhas (Lucas Kal), Shaylon e Alejo Cruz (Gabriel Barros); Emiliano Rodríguez (Max) e Luiz Fernando. Técnico: Jair Ventura.

São Paulo: Rafael; Arboleda, Alan Franco, Diego Costa; Igor Vinícius, Pablo Maia, Alisson, Luciano e Welington; André Silva e Calleri. Técnico: Milton Cruz.


Siga-nos no
O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

ASSUNTOS: Esportes

+ Esportes