Público de 8 mil pessoas assiste à copa de jiu-jítsu

Por

08/12/2014 14h44 — em Esportes

Seis zonas de combate, 2,2 mil atletas inscritos, R$ 10 mil em premiações e público estimado em oito mil pessoas nos dois dias de competições. Esse foi o balanço da edição 2014 da Copa Arthur Neto de Jiu-Jítsu, realizada neste fim de semana, dias 6 e 7, no Ginásio Poliesportivo Ninimberg dos Santos Guerra, o “Bergão”, no bairro São Jorge, zona Oeste.

Promovido pela Federação de Jiu-Jítsu do Amazonas (FJJAM) há mais de duas décadas, o tradicional evento contou com o apoio da Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Juventude, Esporte e Lazer (Semjel), reunindo atletas de aproximadamente 80 academias da modalidade em todo o Estado.

Durante todo o dia e início da noite de domingo, o público presente acompanhou a passagem de grandes nomes do jiu-jítsu pelo tatame. Ao final do torneio, os melhores colocados das categorias Juvenil Peso Médio em diante (Absoluto) e Adulto Galo a Pesadíssimo exibiam as medalhas e premiações em dinheiro, que totalizaram R$ 10 mil.

Destaques

Há 26 anos competindo e um currículo de 14 vitórias em campeonatos amazonenses, Carlos Eduardo Mota, 36, conhecido como mestre “Dudu”, conquistou uma das vitórias que asseguraram à Associação Monteiro mais um título de destaque no torneio. Para ele, é gratificante poder fazer parte de mais uma conquista para a equipe a qual pertence.

“Estou há bastante tempo participando de competições no Jiu-Jítsu. Desta vez venci na categoria Máster Pesadíssimo Faixa Preta e, além disso, sinto-me honrado em poder ver o meu filho em busca do mesmo objetivo. Desta vez não foi possível o primeiro lugar, mas na próxima com certeza ele consegue”, declarou o pai de Jorge Luíz, 20, vice-campeão da categoria Adulto Médio Faixa Azul.

A Associação Monteiro venceu na categoria por academias na faixa branca com 327 pontos e na graduado Adulto com 436 pontos. Já os alunos do projeto Nandinho, mantido pela Polícia Civil do Amazonas, somaram 222 pontos, levando a melhor nas categorias Mirim a Juvenil por equipes.

Atletas de ouro

Wesley Mamede, 22, atleta da academia Mutação Team, e André Santiago, 34, lutador pela Associação Monteiro, conquistaram ouro nas categorias que competem, Adulto Pesadíssimo Faixa Roxa e Master Pesadíssimo Roxa, respectivamente. De acordo com Mamede, o resultado já era esperado, pois ele já havia conquistado o mesmo título na última edição da competição.

“Este evento reúne atletas de altíssimo nível técnico e todos querem participar e ganhar. Foi uma honra poder conquistar dois títulos em duas edições que participei. Ano que vem tem mais e, com certeza, vem mais um título para a minha coleção”, concluiu, otimista, o lutador, integrante da equipe Mutação Team.