Compartilhe este texto

Organização dos Jogos de Inverno de Pequim anuncia que não venderá ingressos

Por Folha de São Paulo / Portal do Holanda

17/01/2022 11h34 — em Esportes


SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Com o aumento no número de casos de Covid-19 na China pelo avanço da variante ômicron, o comitê organizador das Olimpíadas de Inverno decidiu suspender a venda de ingressos do evento para o público geral.

Em um comunicado feito nesta segunda-feira (17), a organização dos Jogos afirmou que as entradas serão distribuídas apenas para grupos selecionados. No entanto, não foram detalhados quais são esses grupos.

Antes, já havia sido anunciado que não seria permitida a presença de público estrangeiro na disputa. Os atletas viverão em uma "bolha sanitária" durante os Jogos de Pequim, que começarão no dia 4 de fevereiro.

Quem estiver dentro dos grupos selecionados e tiver ingresso para ver o evento ainda terá que cumprir regras sanitárias, como uso de máscara e distanciamento social.

As novas restrições para o evento foram anunciadas logo depois de a China ter registrado um caso de transmissão comunitária da variante ômicron e também de bater o maior número de novos casos de coronavírus desde março de 2020: 223.

Em resposta, o governo chinês tenta aplicar a política chamada de "Covid zero", com severas restrições para tentar conter o avanço da pandemia.


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

ASSUNTOS: Esportes

+ Esportes