Olimpíadas de Tóquio tem maior número de atletas assumidos como LGBTQIA+

Por Portal do Holanda

24/07/2021 14h25 — em Esportes

Douglas Souza é da seleção brasileira de vôlei e tem feito sucesso nas redes sociais ao levantar bandeira LGBTIQA+. Foto: Reprodução/ Instagram

Os Jogos Olímpicos de Tóquio estão com o maior número de atletas abertamente LGBTQIA+ da história. Segundo contagem do site Outsports, ao menos 163 competidores presentes no megaevento esportivo são gays, lésbicas, bissexuais, transgêneros, queer e não binários. As informações são Folha de S. Paulo.

De acordo com a Folha, na última edição dos jogos, na Rio-2016, a mesma publicação contabilizou 56 atletas dentro dessa classificação. Em Londres-2012, eram 23.

Tóquio-2020 também desponta como a edição em que, pela primeira vez, uma atleta trans competirá: a halterofilista Laurel Hubbard, da Nova Zelândia.

Outra novidade partiu da mídia: a narradora Natália Lara, do SporTV, utilizou o pronome neutro “elu” para se referir a Quinn, atleta de futebol feminino do Canadá que se identifica como transgênero não binária.


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Esportes