"Não recebi chamada de ninguém", diz Aguirre sobre a seleção uruguaia

Por Folha de São Paulo / Portal do Holanda

17/10/2021 19h03 — em Esportes

SÃO PAULO, SP (UOL-FOLHAPRESS) - Além de comentar sobre a derrota para o Palmeiras na tarde deste domingo (17), no Allianz Parque, pela 27ª rodada do Brasileirão, o técnico Diego Aguirre se posicionou acerca de sua permanência no Internacional, após rumores de que poderia assumir a seleção uruguaia em uma eventual saída de Óscar Tabárez.

"É verdade que se falou muito, mas eu não recebi nenhuma chamada de ninguém. O Inter também não. Então foi uma coisa que existiu, uma possibilidade, mas em nenhum momento falamos disso. Estávamos pensando no jogo. Óbvio que gera uma expectativa, mas antes do jogo havia a confirmação de que não ia acontecer, então não atrapalhou nesse sentido", disse o treinador do Colorado durante a coletiva de imprensa.

A respeito da derrota para o time alviverde, o uruguaio avaliou que sua equipe fez um bom jogo, decidido no mesmo lance - com o gol de pênalti palmeirense e a expulsão de Edenílson, a oitava do time no campeonato.

Segundo o técnico, o árbitro poderia ter dado somente o cartão amarelo ao meio-campista, que recebeu o vermelho direto por reclamar após a marcação do pênalti.

"O juiz com um cartão amarelo podia solucionar, e quero saber se sempre que tem uma reclamação ele mostra o cartão vermelho. Aí, sim, ele coloca o jogo muito difícil. Com ele (Edenílson) ainda não falei, [não sei] o que ele falou. Independentemente, os juízes podem deixar passar e têm que entender que o jogador está nervoso. Um juiz com experiência, com o amarelo, não decidiria o jogo", prosseguiu o treinador.

Na próxima rodada, o Colorado recebe o Corinthians no Beira-Rio, às 16h (de Brasília) de domingo (24).


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Esportes