Compartilhe este texto

Joia da base marca aos 53 do 2º tempo, e Flamengo empata com o Athletico

Por Folha de São Paulo

16/06/2024 18h00 — em
Esportes



RIO DE JANEIRO, RJ (UOL/FOLHAPRESS) - Com dois gols no final, Athletico-PR e Flamengo ficaram no empate por 1 a 1 neste domingo (16), pela 9ª rodada do Campeonato Brasileiro. A partida aconteceu na Ligga Arena, que teve recorde de público no ano.

Joia da base foi herói. Evertton Araújo garantiu o ponto aos 53 minutos do segundo tempo. Fernandinho, de pênalti, fez para os donos da casa.

O Flamengo se mantém líder, com 18 pontos. O Athletico-PR fica em segundo, com 17. O Botafogo e o Bahia ainda podem ultrapassar ambos.

A relação entre Gabigol e Athletico sempre é quente. No aquecimento, o atacante mostrou a tatuagem com a taça da Libertadores conquistada sobre o Furacão em 2022 enquanto era xingado. Ele entrou no segundo tempo sob vaias.

A próxima rodada será no meio de semana. O Athletico enfrenta o Botafogo no Rio de Janeiro na quarta-feira, às 19h. Já o Flamengo encara o Bahia no Maracanã na quinta-feira, às 20h.

Massagista do Athletico faz homenagem emocionante. Símbolo do Furacão, Bolinha vestiu uma camisa em memória de Denir, massagista histórico do Flamengo que morreu em janeiro deste ano. Além da imagem do funcionário do clube carioca, havia a frase "eterno amigo".

Sem Tite, Matheus Bachi ficou no banco de reservas como treinador. Cléber Xavier foi o auxiliar e César Sampaio, que geralmente fica nos camarotes, também esteve no campo. O técnico estava suspenso e ficou no hotel da equipe em Curitiba.

Fabrício Bruno recebeu amarelo e será desfalque no próximo jogo. Ele estava pendurado.

Como foi o jogo

Foi um primeiro tempo bastante equilibrado. O Athletico começou melhor e foi mais perigoso, mas o Flamengo equiparou as coisas. Os espaços em um meio-campo desfalcado atrapalharam nas jogadas melhor construídas dos cariocas. Não houve nenhuma defesa difícil, mas o Furacão teve algumas oportunidades em sequência, especialmente com tentativas de fora da área.

O Fla encontrou problemas com o trio de ataque, sumido. Com jogo truncado, Pedro e Luiz Araújo apareceram pouco. Bruno Henrique foi muito mal nas jogadas que tentou. Os dois lados saíram com alguma insatisfação com a arbitragem de Anderson Daronco. As defesas levaram a melhor na etapa inicial.

O Flamengo perdeu Bruno Henrique no intervalo. O atacante foi substituído após sentir um mal-estar e deu lugar a Victor Hugo. No Athletico, Cuca optou por retornar com Cuello para dar mais opções ao ataque. Léo Pereira, prata da casa do Furacão, foi hostilizado pelos torcedores diversas vezes que tocou na bola.

O Flamengo melhorou muito na partida e Gabigol deixou o clima mais quente. Logo no primeiro lance, o atacante já marcou o gol, mas o lance acabou anulado após o VAR ver impedimento. Pouco depois, em mais um problema para os cariocas, Léo Ortiz sentiu e também precisou sair na reta final. O Athletico também era perigoso e o jogo ficou aberto, bem jogado e com alternância de domínio. Aos 44, a bola bateu no braço de David Luiz e o árbitro assinalou o pênalti, dando ao Furacão a lidernaça.

O Fla, porém, buscou o empate. Evertton Araújo, joia da casa, entrou já na reta final e garantiu o ponto ao time carioca. Cuca ainda foi expulso por reclamação nos momentos finais, invadindo inclusive o campo. No fim, empate no placar e Athletico com Daronco pelos acréscimos longos. Também houve focos de brigas na arquibancada.

Lances importantes

Com perigo. Aos nove minutos do primeiro tempo, Fernandinho cobrou escanteio e a zaga cortou. Na sobra, Christian jogou na área, Kaíque Rocha ajeitou para Mastriani, mas Léo Pereira cortou.

Foi? Aos nove ainda, Léo Linck lançou para o ataque e Mastriani disputou com David Luiz. A bola ficou com Rossi e o Athletico pediu um recuo do zagueiro para o goleiro. Mas o árbitro mandou seguir.

Que isso. Aos 11, Léo Pereira recebeu na pequena área e tocou de lado para Rossi. O goleiro foi apertado por Mastriani, que tentou o desarme, mas a bola saiu.

Na hora. Aos 20, Lorran recebeu, entrou na área e armou o chute. Kaíque Rocha chegou na hora rasgando e cortando para fora.

Não deu. Aos 26, Fernandinho fez o passe pelo alto, Madson desviou e Felipinho ajeitou. Christian foi travado por Wesley na hora e a bola saiu.

Muito perto. Aos 31, Madson ajeitou, Nikão dominou pela direita na entrada da área e chutou. A bola foi para fora e Rossi só acompanhou.

Para fora. Aos 42, Gerson bateu de fora da área e a bola foi por cima do gol com perigo.

Pegou. No primeiro minuto do segundo tempo, em contra-ataque, Luiz Araújo recebeu na área e bateu colocado, mas Léo Linck defendeu.

Como perde? Aos 11, Christian deu ótimo passe, Madson recebeu livre a área, se atrapalhou no domínio e mandou por cima do gol na melhor chance do Athletico.

Cortou. Aos 13, Madson errou o corte, Léo Pereiraficou com a bola pela esquerda e jogou para o meio da área. Fernandinho cortou e mandou para fora. Gerson ainda acabou lesionado na jogada.

Não valeu! Aos 22, David Luiz recebeu na área pela esquerda e tocou no meio. A bola sobrou nos pés de Gabigol, que mandou para o gol. O VAR, porém revisou e marcou o impedimento.

Quase contra. Aos 33, Cuello avançou pela esquerda e mandou na área. Fabrício Bruno cortou para trás e a bola foi por cima.

Saiu. Aos 34, Victor Hugo cruzou pela esquerda buscando Gabigol por baixo, Léo Linck deu o rebote para tentar a defesa, mas a zaga do Athletico tirou.

1x0. Aos 42, Julimar avançou pela direita, entrou na área e tentou o chute, mas a bola bateu no braço de David Luiz. Após análise no VAR, Daronco marcou o pênalti. Fernandinho bateu aos 46 e marcou.

Espetacular. Aos 49, David Luiz cobrou escanteio, Pedro mandou de cabeça e Léo Linck voou para espalmar e salvar.

1x1. Aos 53, Luiz Araújo cobrou escanteio, mandou no meio da área e Evertton Araújo mandou de cabeça para o gol.

FICHA TÉCNICA

Athletico-PR x Flamengo - Brasileirão

Data e hora: 16 de junho de 2024, às 16h

Local: Ligga Arena, Curitiba (PR)

Árbitro: Anderson Daronco (FIFA) (RS)

Assistentes: Tiago Augusto Kappes Diel (RS) e Michael Stanislau (RS)

VAR: Daiane Muniz (FIFA) (SP)

Cartões amarelos: Pablo e Léo Linck (CAP), Victor Hugo, Evertton Araújo, Fabrício Bruno (FLA)

Cartões vermelhos: Cuca (CAP)

Gols: Fernandinho (aos 46 minutos do segundo tempo), Evertton Araújo (aos 53 minutos do segundo tempo)

Athletico-PR: Léo Linck; Madson, Kaique Rocha, Thiago Heleno e Esquivel (Fernando); Felipinho (Cuello), Erick, Fernandinho, Nikão (Pablo) e Christian (Zapelli); Mastriani (Julimar). Técnico: Cuca.

Flamengo: Rossi; Wesley, Fabrício Bruno, David Luiz e Léo Pereira; Léo Ortiz (Evertton Araújo), Gerson e Lorran (Gabigol); Luiz Araújo, Bruno Henrique (Victor Hugo) e Pedro. Técnico: Matheus Bacchi.


Siga-nos no
O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

ASSUNTOS: Esportes

+ Esportes