Compartilhe este texto

Inter estima em até 90 dias prazo para voltar a jogar no Beira-Rio

Por Folha de São Paulo

17/05/2024 13h16 — em
Esportes


Estádio Beira-Rio foi duramente atingido pela cheia do Guaíba. Foto: Renan Mattos/ Agência RBS

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O Internacional deve voltar a mandar seus jogos no estádio Beira-Rio apenas em meados de agosto, segundo previsões do clube. O local foi alagado pela água das fortes chuvas que atingiram o Rio Grande do Sul, com o gramado chegando a ficar submerso nos últimos dias.

O clube divulgou nesta semana imagens do estado precário em que se encontram as instalações após o escoamento da água.

"Calculamos entre 60 e 90 dias [o prazo para o retorno ao Beira-Rio]", afirmou Victor Grunberg, vice-presidente do Internacional, em conversa com jornalistas na quarta-feira (15) no complexo esportivo da PUC-RS, em Porto Alegre, onde o elenco retomou os treinamentos nesta semana.

Ele acrescentou, contudo, que a projeção ainda pode sofrer modificações, já que a água começou a baixar nas últimas horas, com o clube começando a "entender o real tamanho de tudo o que aconteceu".

O clube optou por seguir a preparação para a retomada do Campeonato Brasileiro em Itu, no interior de São Paulo.

Segundo Grunberg, uma estimativa preliminar aponta para um prejuízo em torno de R$ 35 milhões para reconstruir as instalações do Beira-Rio e de seu centro de treinamento.

"São imagens que doem, ver nosso patrimônio assim. Sabemos que vai haver muita demanda, tem muita gente necessitando reconstruir. Estimamos um prazo de 45 até 90 dias para que essas áreas sejam reconstruídas", afirmou.

Devido ao impacto das chuvas para os clubes gaúchos e atendendo a um pedido feito por 15 clubes, a CBF (Confederação Brasileira de Futebol) adiou as próximas duas rodadas da série A do nacional, com a retomada prevista para o início de junho.

Pela decisão anunciada pela CBF, o retorno do Campeonato Brasileiro se dará a partir da 9ª rodada, quando o Internacional enfrentará o Vitória fora de casa, no dia 1º de junho.

Na rodada seguinte, em 12 de junho, o Inter receberá o Corinthians, em local ainda a ser definido.

"Nossos jogos como mandantes ainda não estão definidos quanto aos locais, pois estamos trabalhando com variáveis que dependem de aprovação da Conmebol [o time disputa a Copa Sul-Americana] e capacidade logística para tomarmos a melhor definição. Essa definição deve acontecer até o final de semana e, seja qual for, sabemos que nenhuma delas será igual a jogar na nossa casa", afirmou Alessandro Barcellos, presidente do Inter.

O dirigente acrescentou que o adiamento por duas rodadas do nacional é importante por minimizar o desequilíbrio já existente na competição, já que as equipes gaúchas estão sem jogar e tiveram de sair do Rio Grande do Sul para poderem treinar.

Barcellos disse ainda que a paralisação "minimiza, mas o desequilíbrio técnico já existe e dificilmente a gente vai conseguir equalizar isso mantendo os jogos na forma e no calendário como estão previstos."

No caso do Grêmio, o retorno ao Brasileiro se dará como mandante contra o Botafogo, também em 1º de junho. O clube informou que os treinos da equipe serão realizados até o dia 26 no CT (Centro de Treinamentos) do Corinthians, na zona leste da capital paulista.

Até o início desta semana, a Arena do Grêmio ainda encontrava-se com água em diversos pontos, sem ainda uma previsão de retomada dos jogos no local até o momento. Por isso, o tricolor gaúcho está em negociações para mandar seus jogos pelo Brasileiro no estádio do RB Bragantino, o Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista.


Siga-nos no
O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

ASSUNTOS: Esportes

+ Esportes