Goiás arranca empate com Ceará no fim e deixa a lanterna do Brasileiro

Por Folha de São Paulo / Portal do Holanda

27/09/2020 20h02 — em Esportes

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Ceará e Goiás se enfrentaram pela 12ª rodada do Brasileirão 2020, na noite deste domingo (27), na Arena Castelão, em Fortaleza (CE). O jogo terminou empatado em 2 a 2, com gols de Rafael Moura, Charles, Vina e David Duarte.

Com o resultado, o Ceará fica com 14 pontos e cai uma posição, ocupando o 12º lugar na tabela. Já o Goiás chegou aos nove pontos com o empate e pelo saldo de gols, ultrapassou o Bahia e deixou a lanterna do campeonato.

Na próxima rodada, o Ceará viaja a São Paulo para enfrentar o Palmeiras, no sábado (3). O Goiás receberá o Santos no domingo (4).

O destaque da partida foi Vina. O meio-campo do Ceará comandou a pressão para cima do adversário e finalizou diversas vezes no gol de Tadeu. Apesar de ter sido flagrado em posição de impedimento pelo menos três vezes, finalmente conseguiu acertar a bola e marcar o gol de virada para sua equipe.

O jogo começou agitado com uma bola no travessão mandada pelo Ceará, mas a resposta veio em seguida com um gol do Goiás logo no segundo minuto, marcado por Rafael Moura. O time da casa pressionou o visitante no primeiro tempo e teve maior posse de bola, mas não conseguiu atravessar a defesa de Tadeu na tentativa de empatar a partida.

No segundo tempo, o Ceará continuou pressionando o visitante e conseguiu o gol de empate, com Charles, quase sem ângulo. Sem deixar o ritmo de pressão cair, o Esmeraldino encontrou dificuldades em se manter com a posse de bola e acabou levando o gol de virada do Ceará, com Vina.

Após perder um gol com uma cobrança de falta na meia-lua, o Goiás correu em busca da igualdade e conseguiu um gol de empate nos acréscimos da partida. Em cruzamento para a área, David Duarte mandou de cabeça para o gol.

CEARÁ

Fernando Prass; Samuel Xavier, Tiago (Gabriel Lacerda), Luiz Otávio, Bruno Pacheco; Charles, Ricardinho (Marthã), Felipe Baxola (Mateus Gonçalves), Fernando Sobral, Vina (Wescley); Rafael Sobis (Cléber). T.: Guto Ferreira

GOIÁS

Tadeu; Edílson, Fábio Sanches (Heron), David Duarte, Caju; Breno, Sandro, Daniel Bessa (Ignácio Jara); Vinícius (Douglas Baggio), Rafael Moura (Lucão do Break), Keko (Daniel Oliveira). T.: Thiago Larghi

Estádio: Arena Castelão, em Fortaleza (CE)

Juiz: Ramon Abatti Abel (SC)

Cartões Amarelos: Eduardo, Tiago, Fernando Sobral (Ceará); Keko, Lucão do Break, Rafael Moura, Heron (Goiás)

Gols: Charles e Vina (Ceará); Rafael Moura e David Duarte (Goiás)