Compartilhe este texto

Flamengo bate Universidad Católica, vai às oitavas da Libertadores e alivia pressão

Por Folha de São Paulo / Portal do Holanda

17/05/2022 23h07 — em
Esportes



RIO DE JANEIRO, RJ (UOL/FOLHAPRESS) - O Flamengo está nas oitavas de final da Copa Libertadores. Na noite desta terça-feira (17), no Maracanã, o time rubro-negro venceu a Universidad Católica, do Chile, por 3 a 0, e garantiu a vaga na próxima fase de forma antecipada. O triunfo foi construído com gols de Arão, Everton Ribeiro —que comemoraram os gols com o técnico Paulo Sousa, que vem sendo alvo de críticas da torcida— e Pedro. A boa atuação acontece também em meio aos protestos contra a diretoria.

Com o resultado positivo, a equipe da Gávea chegou a 13 pontos e avança no Grupo H, enquanto a Universidad Católica permanece com quatro.

Na próxima rodada da competição, o Flamengo encara o Sporting Cristal, na próxima terça-feira (24), novamente no Maracanã. A Universidad Católica enfrenta o Talleres, da Argentina, em casa.

O time rubro-negro volta a campo no sábado (21), contra o Goiás, em casa, pelo Campeonato Brasileiro. No torneio nacional, o time da Gávea tem seis pontos e está próximo da zona de rebaixamento.

O Flamengo voltou ao Maracanã na noite desta terça-feira. O estádio esteve fechado recentemente para o plantio de grama de inverno, o que fez o time rubro-negro mandar os jogos em outros locais, como no Mané Garrincha, em Brasília, e no Raulino de Oliveira, em Volta Redonda.

A equipe de Paulo Sousa fez um primeiro tempo sólido e consistente. Com o apoio da torcida, o clube rubro-negro controlou o jogo e dominou a Católica nos 45 minutos iniciais. Destaques para os autores dos dois primeiros gols: Everton Ribeiro, que circulou o campo, ocupando espaços em todos os setores, e Willian Arão, que se apresentou intenso na marcação.

Na etapa final, o Flamengo se apresentou mais abaixo e diminuiu o ritmo, dando um pouco mais de campo ao adversário. Mas, ainda assim, o time da Gávea manteve o controle da partida. Enquanto a Católica avançada em busca do gol, o time carioca se aproveitava dos espaços. Pedro entrou no segundo tempo e movimentou a partida e, após duas chances, marcou o terceiro gol do Flamengo.

A Universidad Católica tentou atuar "de igual para igual" e pressionar o Flamengo no início do jogo, mas, apesar da posse de bola nos primeiros minutos, logo se mostrou dominada pelo adversário e com bastante dificuldade em criar oportunidades. Além disso, mas investidas ao ataque, acabava deixado espaço para que o clube carioca pudesse contra-atacar.

O técnico Ariel Holan, ex-Santos, não comandou a Universidad Católica na partida por ter testado positivo para Covid-19. Rodrigo Valenzuela foi quem esteve à beira do gramado.

Na volta do intervalo, os chilenos fizeram mudanças e tentaram uma presença maior no campo de ataque, e até conseguiram. Porém, mesmo com os visitantes tendo a posse de bola, logo o Flamengo passou a pressionar, ganhar o meio e aproveitar as brechas para criar chances. Assim, o elenco rubro-negro chegou ao terceiro.

FLAMENGO

Hugo Souza, Matheuzinho (Rodinei), Rodrigo Caio, Pablo e Ayrton Lucas; Willian Arão, Andreas Pereira (João Gomes), Everton Ribeiro e Arrascaeta (Victor Hugo); Bruno Henrique (Lázaro) e Gabriel (Pedro). T.: Paulo Sousa

UNIVERSIDAD CATÓLICA

Sebastián Pérez; Asta-Buruaga, Nehuén Paz (Tapia) e Parot; Astudillo (Rebolledo), Saavedra, Cuevas, Fuenzalida e Felipe Gutiérrez; Valencia e Zampedri. T.: Rodrigo Valenzuela

Estádio: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)

Árbitro: John Ospina (COL)

Assistentes: Dionisio Ruiz (COL) e Richard Ortiz (COL)

Cartões amarelos: Andreas Pereira, Matheuzinho, Arão (FLA); Astudillo, Felipe Gutiérrez, Tapia (CAT)

Gols: Willian Arão (FLA), aos 6', e Everton Ribeiro (FLA), 39'/1ºT; Pedro (FLA), aos 45'/2ºT.



O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

ASSUNTOS: Esportes

+ Esportes