Fernandinho marca e City vence West Ham em jogo com muita neve e -1 ºC

Por Folha de São Paulo / Portal do Holanda

28/11/2021 13h33 — em Esportes

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Manchester City e West Ham se enfrentaram pela 13ª rodada do Campeonato Inglês no City of Manchester Stadium e, em um jogo muito movimentado, os donos da casa venceram por 2 a 1, sendo um dos gols do brasileiro Fernandinho.

A temperatura na cidade oscilou entre -1 e 0 grau segundo o Met Office, serviço nacional de meteorologia do Reino Unido.

O triunfo faz com que o time comandado pelo técnico Pep Guardiola chegue aos 29 pontos e encoste no líder Chelsea, que tem a mesma pontuação mas ainda joga contra o Manchester United na rodada. Já os Hammers continuam na quarta colocação com 23 pontos.

O próximo jogo do City na temporada será contra o Aston Villa, fora de casa, também pelo torneio nacional. A partida será no dia 01 de dezembro, mesmo dia em que o West Ham recebe o Brighton.

O MELHOR: MAHREZ

O atacante teve uma boa atuação, principalmente no primeiro tempo. Ele foi fundamental para que o City conseguisse criar chances e teve um gol anulado e também acertou a trave do goleiro Fabianski.

O PIOR: ANTONIO

Referência no ataque do West Ham, Antonio pouco produziu no jogo deste fim de semana. A entrega em campo não foi problema, porém pouco incomodou o goleiro Ederson e quando teve a chance, na primeira etapa, não aproveitou.

NEVE PARA TODO LADO

A neve foi um personagem bem visível no duelo deste domingo, já que ela caiu constantemente durante a partida e dominou o gramado do estádio, sendo assim um adversário dos jogadores. Mesmo assim a partida foi movimentada graças à qualidade técnica das duas equipes.

COMEÇOU QUENTE

Os dois times sabiam que o confronto valia muito (pela posição próxima deles na tabela) e por isso a partida começou de maneira intensa para os dois lados. Com 15 minutos de jogo ambas equipes tinham criados chances reais de gol, com Laporte e Walker pelo lados dos mandantes e Antonio pelo do time londrino.

GOL, MAS ANULADO

Aos 16 minutos o City abriu o placar, porém o gol foi anulado. Mahrez recebeu bom passe e acertou um chute cruzado e estufou as redes de Fabianski. Porém o assistente marcou impedimento e o VAR na sequência confirmou a posição irregular do atacante.

ESSE VALEU!

A anulação do gol de Mahrez não desanimou a equipe comandada por Guardiola, que manteve a intensidade e o controle das ações ofensivas. A persistência rendeu frutos já que aos 32 minutos Gündogan aproveitou desvio no chute do atacante argelino e mandou para o fundo do gol, abrindo o placar.

QUASE DO JESUS

Poucos minutos depois do gol o Manchester ficou muito perto de ampliar e desta vez com o brasileiro Gabriel Jesus. Ele chutou cruzado e a bola só não entrou porque Johnson, defensor do West Ham, tirou em cima da linha. Pouco tempo outra grande chance com Mahrez, que acertou a trave de Fabianski.

SEGUNDO TEMPO CONTROLADO

A segunda etapa do jogo foi marcada por controle do City, que aumentou sua posse de bola e praticamente anulou qualquer chance de reação do West Ham, que passou mais tempo marcando do que atacando.

GOL COM TOQUE BRASILEIRO

Já na reta final da partida, os donos da casa ampliaram com o brasileiro Fernandinho, que tinha entrado a pouco tempo. A assistência foi do compatriota Gabriel Jesus.

GOLAÇO NO ÚLTIMO LANCE

Na reta final o West Ham diminuiu com Lanzini, com um lindo chute que o goleiro Ederson nada conseguiu fazer para impedir. Mas já era tarde demais e o triunfo ficou com os donos da casa.

Manchester City: Ederson; Walker, Rúben Dias, Laporte e João Cancelo; Rodri, Gündogan e Bernardo Silva; Mahrez, Gabriel Jesus e Sterling (Fernandinho). Técnico: Pep Guardiola

West Ham: Fabianski; Johnson, Dawson, Zouma e Cresswell (Coufal); Soucek, Rice, Fornals, Masuaku (Bowen) e Benrahma (Lanzini); Antonio. Técnico: David Moyes

Hora: 11h (de Brasília)

Local: City of Manchester Stadium

Cartões amarelos: Laporte e João Cancelo (Manchester City)

Gols: Gündogan aos 32 minutos do primeiro tempo; Fernandinho aos 44 minutos e Lanzini aos 48 minutos do segundo tempo


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Esportes