Família Grael agora tem 9 medalhas olímpicas na vela

Por Folha de São Paulo / Portal do Holanda

03/08/2021 15h06 — em Esportes

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Com o ouro conquistado pelas brasileiras Martine Grael e Kahena Kunze na classe 49er FX na madrugada desta terça-feira (3), nos Jogos de Tóquio, sobe para nove o número de medalhas olímpicas reunidas por uma mesma família, cujos membros se dedicam à vela. Martine, parte do clã Grael, é filha de Torben Grael, que tem cinco medalhas olímpicas no currículo, e sobrinha de Lars Grael, que conquistou duas.

A primeira peça de ouro dessa coleção esteve no pescoço de Torben Grael na edição de Atlanta, em 1996. Ele também foi premiado em Atenas, em 2004, Los Angeles, em 1984, Seul, em 1988, e Sidney, em 2000.

A vitória das brasileiras na ilha de Enoshima resultou na 19ª medalha olímpica do Brasil na vela, um dos esportes com mais conquistas olímpicas do país e no qual também se destaca o velejador Robert Scheidt. Também foi o segundo ouro da dupla, que teve o mesmo sucesso nas Olimpíadas do Rio, há cinco anos.

A vela é tradição na história da família mesmo antes de Torben se tornar medalhista. Erik e Axel Schmidt, tios de Torben e Lars Grael, deram o pontapé inicial dessa trajetória, nos Jogos Olímpicos de 1968, na Cidade do México. A dupla ainda disputou os Jogos de 1972, em Munique.

MEDALHAS OLÍMPICAS CONQUISTADAS PELA FAMÍLIA GRAEL

- Torben Grael

Los Angeles, 1984 (prata)

Atlanta, 1996 (ouro)

Seul, 1988 (bronze)

Sydney, 2000 (bronze)

Atenas, 2004 (ouro)

- Lars Grael

Seul, 1988 (bronze)

Atlanta, 1996 (bronze)

- Martine Grael

Rio, 2016 (ouro)

Tóquio, 2021 (ouro)


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Esportes