Compartilhe este texto

Bahia vira sobre Cruzeiro e goleia, em jogo com VAR demorado e expulsão

Por Folha de São Paulo

23/06/2024 17h45 — em
Esportes



SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - O Bahia venceu o Cruzeiro por 4 a 1 de virada, em jogo movimentado na Arena Fonte Nova, neste domingo (23) Gabriel Verón abriu o placar para o Cruzeiro, aos 15 do primeiro tempo e Thaciano empatou aos 53 da primeira etapa. Estupiñán saiu do banco e, aos 32 do segundo tempo, virou o jogo para o Bahia. Biel ampliou aos 45 e Estupinán fez o quarto aos 51 do segundo tempo.

O VAR participou bastante do jogo: demorou para confirmar o gol de Verón, impugnado no campo pelo auxiliar. No segundo tempo, o árbitro de vídeo recomendou revisão para a expuslão de Marlon, após entrada dura em Gilberto.

Com o triunfo, o Bahia foi a 21 pontos e pulou para a segunda colocação do campeonato. O próximo compromisso do Tricolor de Aço é diante do Vasco, na quarta-feira (26) às 21h30, novamente na Fonte Nova

O Cruzeiro estaciona nos 17 pontos e é o 7º, colado no Bahia. O Cruzeiro agora recebe o Athletico no Mineirão, também na quarta-feira, às 19h.

Como foi o jogo

A bola ficou muito mais no pé do Bahia nos primeiros minutos. O time da casa controlava as ações e buscava espaços na defesa cruzeirense, mas pouco incomodou o goleiro Anderson.

O Cruzeiro abriu o placar com Gabriel Verón, aos 15 minutos do primeiro tempo. O atacante foi lançado na ponta direita, bateu na saída do goleiro e fez o gol. O VAR demorou muito para confirmar o gol cruzeirense.

Depois do gol, o Cruzeiro equilibrou as ações, passou a ter mais a bola e criar jogadas ofensivas em velocidade. O Bahia tentava, mas era mais lento na articulação.

O empate do Bahia veio no finalzinho do primeiro tempo, com Thaciano aos 53 minutos. Everaldo cruzou com desvio, a bola subiu e encontrou a careca do atacante tricolor, que cabeceou bem e tirou Anderson do lance.

Marlon foi expulso após entrar por cima em dividida com Gilberto. O VAR recomendou a revisão e o lateral cruzeirense recebeu o cartão vermelho direto.

Após a expulsão, o Bahia foi para cima e conseguiu a virada. Ademir cruzou, Biel escorou e Estupiñán só completou para o gol do Tricolor.

Biel ampliou o resultado para o Bahia. O atacante limpou dois, invadiu na área e bateu no cantinho para matar o jogo com um belo gol.

Estupinán fez o segundo dele no jogo e transformou a vitória em goleada. Contra ataque rápido e fatal do Tricolor, com bela jogada de Everton Ribeiro.

Gols e lances importantes

1x0. Gabriel Verón recebeu em velocidade, driblou e bateu na saída do goleiro e fez o gol. O auxiliar anulou em campo e o VAR entrou em ação para validar o gol.

Quase. Matheus Pereira recebeu sozinho na meia e chutou de longe, a bola passou rasteira à esquerda do gol de Marcos Felipe.

Anderson! Jean Lucas dominou na entrada da área e bateu colocado, Anderson voou no ângulo para pegar e evitar o empate.

Perdeu! Matheus Pereira achou belo passe para Lucas Romero, que chegou batendo e a bola subiu demais.

1x1. Everaldo cruzou da direita, a bola desviou e encontrou a cabeça de Thaciano, que testou firme para empatar o jogo.

Na trave! Everaldo dominou livre, carregou e bateu colocado, a bola explodiu na trave de Anderson.

Vemelho. Marlon dividiu com Gilberto, entrou por cima e o VAR chamou o árbitro. Após revisar o lance no monitor, Paulo Belence expulsou o lateral esquerdo do Cruzeiro.

2x1. O Bahia virou com Estupiñán. Jogada de Ademir, que cruzou para o desvio de Biel. O atacante completou sozinho para virar o jogo.

3x1. Biel matou o jogo com um golaço. Recebeu na entrada da área, deixou Zé Ivaldo na saudade, passou por Arthur Gomes e bateu no canto de Anderson.

4x1! Contra ataque mortal do Bahia para virar goleada. Everton Ribeiro puxou a jogada e Estupiñán fez o segundo gol dele no jogo, o quarto do Tricolor.

FICHA TÉCNICA

Bahia 4x1 Cruzeiro

Data e horário: domingo, 23 de junho de 2024, às 16h (de Brasília)

Motivo: 11ª rodada do Brasileirão 2024

Local: Arena Fonte Nova, Salvador, Bahia

Árbitro: Paulo Belence Alves do Prazeres Filho

Assistentes: Fabrício Vilarinho e Clóvis Amaral

VAR: Rodrigo Nunes de Sá

Cartões amarelos: Lucas Silva, Gabriel Verón (CRU)

Cartões vermelhos: Marlon (CRU)

Gols: Verón (CRU) (15' 1ºT); Thaciano (53' 1ºT), Estupiñán 2x (32' e 51' 2ºT) e Biel (45' 2ºT)

Bahia: Marcos Felipe; Gilberto (Ademir), Kanu, Gabriel Xavier e Luciano Juba; Caio Alexandre, Jean Lucas e Cauly (Everton Ribeiro); De Peña (Biel), Thaciano (Estupiñán) e Everaldo (Cicinho).

Cruzeiro: Anderson; William (Japa), Zé Ivaldo, João Marcelo e Marlon; Lucas Romero (Vitinho), Lucas SIlva (Arthur Viana) e Ramiro; Matheus Pereira, Veron (Arthur Gomes) e Robert (Villalba).


Siga-nos no
O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

ASSUNTOS: Esportes

+ Esportes