Athletico-PR goleia com dois de Pedro Rocha e segura o Grêmio no Z4

Por Folha de São Paulo / Portal do Holanda

26/09/2021 20h02 — em Esportes

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - O Grêmio poderia deixar a zona de rebaixamento pela primeira vez neste Brasileirão, mas não contava com a 'lei do ex'. Hoje (26), o Athletico Paranaense venceu por 4 a 2, com dois gols de Pedro Rocha e dois de Renato Kayser, pela 22ª rodada, na Arena da Baixada, e manteve os gaúchos na linha da degola. Thiago Santos e Vanderson marcaram para os gaúchos.

Pedro Rocha despontou no futebol atuando pelo Tricolor. No Sul, foi importante na conquista da Copa do Brasil de 2016. Mas hoje virou vilão abrindo caminho para goleada do Furacão. Com mais três pontos na classificação, Rubro-Negro é nono colocado, com 30 pontos.

Já o Grêmio segue seu calvário na zona de rebaixamento. Com 22 pontos, a equipe de Felipão está em 18º e dois pontos atrás do primeiro fora da linha de queda, o Santos — o Tricolor soma dois jogos a menos que o Peixe.

O próximo jogo do Athetico será quinta-feira (30), contra o Peñarol, pela semifinal da Sul-Americana. No duelo de ida, os brasileiros venceram por 2 a 1. Já o Grêmio se prepara para pegar o Sport, domingo (3), em Porto Alegre.

FOI BEM: PEDRO ROCHA

Pedro Rocha despontou no futebol defendendo o Grêmio. Pelo time gaúcho, ele foi um dos pilares da conquista da Copa do Brasil de 2016. Hoje, porém, o atacante defende o Rubro-Negro e fez logo dois gols para encaminhar a vitória.

FOI MAL: RUAN

O zagueiro Ruan falhou no primeiro gol do jogo ao perder disputa com Pedro Rocha. No segundo, chegou atrasado e não conseguiu afastar o cruzamento.

DOUGLAS COSTA VOLTA ÀS PRESSAS

Com o Grêmio perdendo por 2 a 0, Felipão apressou o retorno de Douglas Costa. Recuperado de uma lesão muscular, o meia-atacante começou no banco, mas entrou no intervalo com a responsabilidade de melhorar o rendimento do time. Atuou centralizado e procurou, aos dribles, abrir espaço na boa defesa do Athletico.

O JOGO DO ATHLETICO

Protegido por três zagueiros na defesa, o Athletico encontrou nos lados do campo os caminhos para atacar. Tanto pela direita quanto pela esquerda, abusando de combinações entre Nikão e Khellven ou Nicolas e Pedro Rocha, o time paranaense frequentou a área gremista durante quase o jogo todo. Não demorou para abrir o marcador, ampliar o placar e construir a vitória sempre sendo agressivo em campo.

O JOGO DO GRÊMIO

O Grêmio chegou para a partida embalado por sua melhor fase no Brasileirão. Mas não foi suficiente. O time de Felipão teve uma atuação que lembrou os momentos de maior instabilidade no torneio. Foi facilmente batido com falhas individuais e coletivas na zaga. E não conseguiu segurar a bola no ataque ou dar condições a conclusões mais firmes. Foi superado em praticamente todas as fases do jogo.

ATHLETICO: Santos; Thiago Heleno (Hernández), José Ivaldo e Lucas Frasson; Khellven (Marcinho), Richard (Christian), Cittadini e Nicolas; Pedro Rocha (Carlos Eduardo), Nikão e Kayser (Bissoli). Técnico: Paulo Autuori

GRÊMIO: Chapecó; Vanderson, Ruan, Rodrigues e Rafinha; Thiago Santos (Sarará), Villasanti (Darlan) e Lucas Silva (Léo Pereira); Alisson (Douglas Costa), Ferreira e Borja. Técnico: Luiz Felipe Scolari

Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)

Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira (Fifa/SP)

Auxiliares: Marcelo Van Gasse (Fifa/SP) e Miguel Cataneo Ribeiro da Costa (SP)

VAR: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral (VAR-Fifa/SP)

Cartões amarelos: Ruan, Borja, Douglas Costa, Rafinha e Sarará (GRE); José Ivaldo (CAP)

Gols: Pedro Rocha, do Athletico, aos 29 minutos e aos 45 minutos do primeiro tempo; Renato Kayser, do Athletico, aos 9 minutos e aos 15 minutos do segundo tempo; Thiago Santos, do Grêmio, aos 13 minutos do segundo tempo; Vanderson, do Grêmio, aos 39 minutos do segundo tempo


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Esportes