Siga o Portal do Holanda

Esportes

Victor Ferraz diz que só quer receber salário após jogo: 'Não sou mercenário'

Publicado

em

O lateral-direito Victor Ferraz fez um desabafo nesta sexta-feira durante entrevista coletiva no CT Rei Pelé. O capitão do Santos rebateu as insinuações feitas nas redes sociais de que a equipe não estaria se esforçando por causa do não pagamento do salário de fevereiro, que deveria ter sido pago no início de março, além de dois meses de imagem.

"Responderei como capitão, não só como um lateral ou um jogador qualquer. A falta de pagamento de salário influencia zero. É muito legal eu passar isso aqui para quem é torcedor e amante do futebol. Não tem nenhum tipo de influência o salário atrasado ou não. Claro que queremos receber o dinheiro que a gente combinou e tenho certeza que vai chegar em nossa mão", disse o jogador, assegurando que o elenco está "fechado"

"A diretoria tem corrido atrás, tem nos dado prazo, respaldo, tido um cuidado com a gente. O Gabriel (Andreata, gerente de futebol) tem falado comigo, com os líderes do elenco. A responsabilidade das últimas derrotas é nossa, dos jogadores e da comissão técnica. Assim como toda boa fase a responsabilidade é nossa também."

Victor Ferraz afirmou que até torce para que o dinheiro não seja creditado até o momento do jogo com o Red Bull Brasil, neste sábado, às 19h30, no Pacaembu, no primeiro duelo das quartas de final do Campeonato Paulista, para que a conquista de um resultado positivo não seja vinculado ao pagamento dos atrasados.

"Eu estou torcendo para que a diretoria não pague até amanhã para, se a gente vencer o Red Bull amanhã, os caras não falarem: 'Foi só pagar e ganharam o jogo'. Estou sendo sincero, não gostaria de receber até amanhã, independentemente de a gente ganhar ou não. Podermos vencer sem receber os salários. Uma coisa que eu não sou é mercenário."

O Santos não faz gol no Paulistão há três rodadas. Após o empate sem gols com o Corinthians, o time perdeu para o Novorizontino, por 1 a 0, no Pacaembu, e foi goleado pelo Botafogo, em Ribeirão Preto, por 4 a 0, na quarta-feira. "Veio a calhar, com uma coincidência horrível, de que os três últimos jogos a gente não ganhou. E aí, nessa época de redes sociais, fica se falando 'Ah, é porque não pagou'", afirmou um dos jogadores mais experientes do atual grupo do Santos.

Victor Ferraz defendeu o elenco santista e revelou que o grupo foi cobrado diretoria e comissão técnica após a derrota sofrida frente ao Botafogo. "Eu conheço a maioria (dos jogadores). Se atrasar 15, 20 dias para nós... Falo como desabafo, entendo de economia, sei da situação do nosso País, mas 15 dias para gente, sério... A gente quer receber em dia, mas não vai fazer com que a gente jogue mal", afirmou o defensor santista. "É uma maldade das pessoas que ficam falando isso. Perdeu de 4 a 0 para o Botafogo merece ser criticado. Claro que há o mérito dos jogadores deles. Rafael (Costa) foi lá e fez três gols. Fomos cobrados pela diretoria, nosso treinador", acrescentou.

A prisão da Digital Influencer e o 'julgamento' do delegado

-

Para compartilhar esse conteúdo, por favor utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

1MinutoNerd: VINGADORES:Ultimato

 Siga o Holanda

Amazonas

Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.