Siga o Portal do Holanda

Esportes

Grêmio vence Botafogo no Rio e se distancia da zona da degola

Publicado

em

RIO DE JANEIRO, RJ (UOL/FOLHAPRESS) - O Grêmio superou os vários desfalques e venceu o Botafogo por 1 a 0, nesta quarta-feira (13), no estádio Engenhão. O jogo foi morno, com pouquíssimas oportunidades de gol. O triunfo gaúcho só foi definido graças a um gol no fim em cobrança de falta de Jean Pyerre.

Essa foi a primeira vitória fora de casa do Grêmio. Até então, a equipe dirigida por Renato Gaúcho havia empatado com Avaí e Corinthians e perdido para Ceará e Bahia. Foi também o segundo triunfo consecutivo dos gaúchos, chegando agora aos 11 pontos, afastando-se de vez da zona de rebaixamento.

O Botafogo, por sua vez, perdeu uma boa sequência. A equipe vinha de vitórias sobre Vasco e CSA e ainda desperdiçou a oportunidade de colar no líder Palmeiras. Os cariocas permanecem com 15 pontos, contra 19 dos paulistas.

A partida também marcou a primeira derrota do Botafogo no Engenhão. Até então, a equipe dirigida por Eduardo Barroca havia batido Bahia, Fortaleza e Vasco.

Uma das características do Botafogo, a posse de bola não foi possível no primeiro tempo. De acordo com informações do Footstats, o Grêmio foi quem ficou mais com a redonda: 55,7%. A explicação é que o time do Botafogo estava muito espaçado em campo. Os jogadores de ataque não conseguiram dar opção para a sequência das jogadas.

O Grêmio, por outro lado, mostrou toda sua qualidade apesar dos vários desfalques. Melhor em campo, os visitantes rondaram a área do Botafogo em diversos momentos da partida. A melhor chance do jogo foi logo aos 3min, em finalização de Diego Tardelli para boa defesa de Cavalieri.

Repleto de desfalques, o Grêmio entrou em campo com apenas um zagueiro de origem: Rodriguez. O o problema é que o jovem jogador também sentiu lesão e teve que deixar o gramado. Coube a Renato utilizar dois atletas improvisados no setor: os volantes Michel e Rômulo.

O jogo era morno e os times criaram pouquíssimas oportunidades dentro de campo. Nesse cenário, não é surpresa imaginar que o gol pudesse sair em jogada de bola parada. E foi justamente o que aconteceu. Jean Pyerre foi derrubado na entrada da área. Ele mesmo bateu com categoria para vencer Cavalieri: 1 a 0 aos 35min do segundo tempo.



BOTAFOGO

Diego Cavalieri; Fernando, Joel Carli, Gabriel, Gilson; Cícero, Alex Santana, João Paulo (Lucas Campos); Luiz Fernando (Yuri), Erik (Lucas Barros), Diego Souza.

T.: Eduardo Barroca



GRÊMIO

Paulo Victor; Leonardo, Michel, Rodriguez (Darlán), Juninho Capixaba; Rômulo, Thaciano, Jean Pyerre, Alisson; Diego Tardelli (Pepê), Felipe Vizeu (André). T.: Renato Gaúcho



Estádio: Nilton Santos (Engenhão), no Rio de Janeiro (RJ)

Juiz: Marcelo Aparecido de Souza (PB)

Gol: Jean Pyerre, aos 35min do segundo tempo

Cartão amarelo: Thaciano (Grêmio)

Moro é 'vitima' de delações reais e não premiadas

Para compartilhar esteconteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.


Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.