Siga o Portal do Holanda

Esportes

Grêmio e Chapecoense empatam em jogo com seis gols

Publicado

em

PORTO ALEGRE, RS (UOL/FOLHAPRESS) - Grêmio e Chapecoense fizeram jogo emocionante nesta segunda-feira (5), em Porto Alegre, pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro. O time gaúcho saiu na frente, levou empate duas vezes e ainda tomou a virada antes de arrancar um novo empate. Nos minutos finais, apesar da pressão gremista, a equipe catarinense resistiu e o placar ficou em 3 a 3.

Nos acréscimos do segundo tempo, a arbitragem marcou pênalti em cima de Kannemann com auxílio do auxiliar. Na revisão do VAR, o árbitro voltou atrás e anulou a penalidade.

Pedro Geromel, Everton e Diego Tardelli fizeram os gols do Grêmio. Everaldo, Gustavo Campanharo e Arthur Gomes marcaram para a Chape.

O resultado deixa o Grêmio com 17 pontos e a Chape chega aos 10. O time gaúcho termina a rodada em décimo terceiro lugar a equipe catarinense segue na zona de rebaixamento, na décima sétima posição.

Na próxima rodada, a Chapecoense visita o Ceará e o Grêmio vai ao Rio de Janeiro encarar o Flamengo. As duas partidas serão no sábado (10), às 17h e 19h, respectivamente.

O cabeceio logo aos 8min de jogo parecia prelúdio de um jogo tranquilo do Grêmio. Não foi. Restou a Pedro Geromel o fato de ter, enfim, marcado o primeiro gol em 2019. Ídolo, o zagueiro chegou ao décimo segundo gol como jogador do clube gaúcho.

O Grêmio teve mais posse, acertou quase 90% dos passes que tentou e mostrou repertório ofensivo. O problema da atuação contra a Chapecoense esteve na defesa. Com o setor exposto, o time gremista sofreu nos pés de Camilo e Everaldo. A fragilidade impediu que a equipe de Renato Gaúcho sustentasse vantagem no placar por longo tempo.

A Chapecoense se estruturou para dar liberdade a Camilo, Arthur Gomes e Everaldo. O trio foi sustentado por um empenho coletivo, liderado por Gustavo Campanharo. Mesmo com problemas na defesa, o time catarinense soube explorar as falhas do Grêmio.

Renato Gaúcho jogou o Grêmio ao ataque depois de levar o 3 a 2. Com sangue novo à frente, o time gaúcho passou a pressionar muito a Chape. A saída de Bruno Cortez para entrada de Luan foi vital para o novo cenário. Além do empate, com a nova formação os gremistas criaram várias chances e até acertaram o travessão.



GRÊMIO

Paulo Victor; Leonardo Gomes, Pedro Geromel, Kannemann e Bruno Cortez (Luan); Maicon, Matheus Henrique, Alisson (Pepê), Jean Pyerre (Diego Tardelli) e Éverton; André

T.: Renato Gaúcho



CHAPECOENSE

Tiepo; Eduardo, Gum, Maurício Ramos e Bruno Pacheco; Márcio Araújo, Augusto (Amaral), Gustavo Campanharo (Tharlis) e Camilo; Arthur Gomes (Renato Kayzer) e Everaldo

T.: Emerson Cris



Estádio: Arena do Grêmio, em Porto Alegre

Juiz: Felipe Fernandes de Lima (MG)

Auxiliares: Guilherme Dias Camilo e Sidmar dos Santos Meurer (ambos de MG)

Árbitro de vídeo: Rodrigo Nunes de Sá (RJ)

Cartões amarelos: Alisson, Kannemann, Geromel (GRE); Everaldo, Arthur Gomes (CHA)

Gols: Pedro Geromel, aos 8min do 1º tempo (GRE); Everaldo, aos 11min do 1º tempo (CHA); Everton, aos 26min do 1º tempo (GRE); Gustavo Campanharo, aos 34min do 1º tempo (CHA); Arthur Gomes, aos 14min do 2º tempo (CHA); Diego Tardelli, aos 34min do 2º tempo (GRE)

AMAZÔNIA VIOLENTADA. O direito de respirar de nossos filhos

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.