Siga o Portal do Holanda

Esportes

Fernando Prass critica arbitragem em jogo do Palmeiras: 'Se complicam à toa'

Publicado

em

Os jogadores do Palmeiras deixaram neste sábado o gramado do estádio Jorge Ismael de Biasi, em Novo Horizonte (SP), reclamando bastante da arbitragem após o empate por 1 a 1 contra o Novorizontino, pelo primeiro jogo das quartas de final do Campeonato Paulista. O protesto é pelo fato do VAR (árbitro de vídeo) não ter sido utilizado no lance que resultou no gol da equipe da casa.

O goleiro Fernando Prass foi um dos mais incisivos. "Eu estava de frente para o lance, sem ninguém tapando a minha visão. A bola bateu na mão. Os caras se complicam à toa. O VAR veio para ajudar e porque ele não foi ver o monitor que ele tem? Ele se complica à toa, ou não", disparou o goleiro, em entrevista ao SporTV. "A gente fica meio sem saber o que pensar", completou.

Fernando Prass ainda contou que os jogadores do Palmeiras foram informados no intervalo do jogo que a bola bateu na mão de Murilo Henrique, na jogada que resultou no gol de Cléo Silva. Ao questionar Raphael Claus, ouviu a justificativa do árbitro. "Ele disse que parecia que tinha pego, mas havia uma câmera que parecia que não havia pego na mão. O VAR tem que mostrar essa imagem, então", pediu.

Apesar da reclamação, o resultado não foi dos piores para o Palmeiras. O time alviverde precisa apenas de uma vitória simples para se classificar. O jogo da volta está marcado para esta terça-feira, no estádio do Pacaembu, em São Paulo, já que o Allianz Parque estará sendo usado para um show musical.

David Almeida culpa amigos por contrato superfaturado

Para compartilhar esteconteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.


Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.