Siga o Portal do Holanda

Famosos & TV

Em áudio, Najila pede para Neymar 'ser homem' e assumir o que fez

Publicado

em

Foto: Reprodução

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - A modelo Najila Trindade enviou uma mensagem de áudio a Neymar depois de acusar o jogador de estupro. Ela pede para ele "ser homem" e assumir o que fez.

"Olha só Neymar, você sabe muito bem o que aconteceu, e o estado que você chegou naquele hotel. Eu estava indo ver você numa boa, na moral e você sabe que eu não queria nada disso. E fez o que você fez comigo e depois agiu como ninguém. Você sabe do seu erro, você deveria ser homem pelo menos uma vez na vida e assumir seu erro e não ficar na internet fingindo. Eu sei, eu passei, eu vi o que você fez comigo", disse Najila em áudio divulgado pela Record.

"Eu te conheço e mais ninguém. E mais ninguém. E todas as outras que você fez essas atrocidades. Só elas te conhecem. Você sabe muito bem que eu estava vindo ficar com você na moral, como eu ia planejar isso? Com que eu ia planejar você me agredir e agir dessa forma comigo? Como eu teria essa consciência, todo esse planejamento? Eu estava querendo ver você numa boa, entendeu? Queria ficar com você, queria ficar numa boa com você, não queria nada disso... E agora você agindo como se eu tivesse armado tudo isso. Me poupe, né Neymar? Me poupe...", acrescentou.

"Mas lembra que eu te falei que Deus é justo, e a Ele dinheiro nenhum compra. Tá? Dinheiro nenhum compra. Você pode ter muito dinheiro, você pode ser um p... jogador, famosinho, nananã, nananã... Só que você não é Deus, tá? E a justiça vai ser feita. Você pode ter contratado os melhores advogados, com as mentes mais criminais do mundo, só que você não tem a verdade. A verdade quem tem sou eu. Você sabe muito bem o jeito que você chegou lá naquele dia. E sabe o que eu vou pedir? Para fazer um exame antidroga, para ver se naquela data você não estava drogado, para ver se naquela data você não estava drogado. Tá?", finalizou a modelo.

Najila registrou Boletim de Ocorrência acusando Neymar de estupro. O documento foi averbado na 6ª Delegacia de Defesa da Mulher, em Santo Amaro, na capital paulista, referente a um fato que teria ocorrido no dia 15 de maio, em Paris.

A acusação da modelo é que Neymar chegou ao hotel no dia 15 de maio, por volta de 20h, e embriagado. Após trocas de carícias, ele teria ficado agressivo e, mediante violência, praticou relação sexual sem o consentimento da vítima. Ela ainda disse que voltou ao Brasil no dia 17 de maio e que estava abalada emocionalmente e com medo de registrar a ocorrência.

A Amazônia está queimando e Bolsonaro é em grande parte responsável

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.