Siga o Portal do Holanda

Esportes

Criticado por venda de mando, presidente do CSA se licencia por 90 dias

Publicado

em

SANTOS, SP (UOL/FOLHAPRESS) - O presidente do CSA, Rafael Tenório, irá se licenciar do cargo. O motivo é a repercussão ruim por conta da venda do mando de campo do jogo contra o Flamengo, dia 12 de junho, pela nona rodada do Campeonato Brasileiro. O duelo acontecerá no estádio Mané Garrincha, em Brasília.

À reportagem, o presidente do Conselho Deliberativo, Raimundo Tavares, confirmou, nesta quarta-feira (15), o recebimento da carta de afastamento do mandatário do CSA. A informação foi inicialmente divulgada pelo site Globoesporte.com

Rafael Tenório foi bastante criticado, especialmente por torcedores, pela venda de mando de campo do jogo contra o Flamengo. Pressionando, ele se afastará do cargo por cerca de 90 dias.

"Ele já me comunicou. Agora assume o vice [Omar Coelho] e ele vai ficar afastado por uns 90 dias. Foram críticas infundadas, e ele estava lamentando esse processo todo e achou por bem tirar umas férias", disse Raimundo Tavares.

A reportagem tentou contato com Rafael Tenório, mas não obteve resposta até a publicação deste texto.

Na terça (14), o CSA oficializou a venda do mando de campo do jogo contra os cariocas. Rafael Tenório deu entrevista coletiva e justificou a decisão do clube alagoano. "Para o bem do CSA, temos a necessidade de fazer a venda do jogo contra o Flamengo. Então, nós vamos fazer o jogo contra o Flamengo em Brasília, dia 12 de junho", afirmou.

O presidente disse ainda que o CSA não pensa em vender o mando de campo de jogos contra adversários que são concorrentes diretos.

"Tudo nosso aqui é muito planejado, muito discutido. Nós sabemos os dez clubes que nós não temos condições de concorrer com eles diretamente. Nós não podemos pensar em Flamengo, Palmeiras, Grêmio, Inter, Cruzeiro, Atlético-MG... Qual é o nosso grupo? É Avaí, Fortaleza, Ceará, Bahia, Chapecoense, Vasco, Botafogo, Fluminense, Goiás.... Então, nós estamos nesse grupo aí. Então, por exemplo, eu não penso em fazer a venda de um jogo CSA e Vasco. Não vou, porque eu posso trazê-lo para cá e porque é meu concorrente direto em se livrar da zona de rebaixamento", acrescentou.

Com três pontos em quatro jogos, sendo três empates e uma derrota, o CSA ocupa a 17ª colocação do Campeonato Brasileiro. O time volta a campo no domingo (19) para encarar o Internacional, no Beira-Rio, pela quinta rodada.

Os ‘filhos bastardos’ do médico Mouhamad Mustafa

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.



Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.