Campeã paraolímpica morre aos 40 anos por meio de eutanásia

Por Folha de São Paulo / Portal do Holanda

23/10/2019 9h28 — em Esportes

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - A paratleta Marieke Vervoort, que disputou os Jogos Paraolímpicos de 2012, em Londres, e de 2016, no Rio, morreu nesta terça (22) aos 40 anos por meio de uma eutanásia.

Vervoort tomou a decisão em 2008, quando já travava uma batalha contra uma doença muscular degenerativa. Na Bélgica -país de origem da paratleta-, este procedimento é considerado legal.

Há quatro dias, ela publicou no Instagram a sua última mensagem: "Não podemos esquecer as boas memórias", disse Vervoort na legenda da foto, que mostra ela em uma prova de velocidade em cadeira de rodas, sua especialidade.

Na competição de Londres, a belga garantiu uma medalha de ouro histórica. Quatro anos depois, no Brasil, garantiu outra premiação -desta vez, a medalha de prata.

Na edição de 2016, aliás, ela falou sobre a dificuldade para viver. "É uma dor ininterrupta de uma doença espinhal degenerativa e incurável. É muito difícil para o meu corpo. Em cada treinamento, sofro por causa da dor. E em toda corrida eu treino duro".


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Esportes