Siga o Portal do Holanda

Esportes

"Basta" de Mano ajudou Cruzeiro a retomar posto de melhor defesa do Mineiro

Publicado

em

BELO HORIZONTE, MG (FOLHAPRESS) - O Cruzeiro terminou a primeira fase do Campeonato Mineiro com a melhor defesa (cinco gols sofridos) entre os 12 participantes. Por se tratar de uma equipe treinada por Mano Menezes, é de se esperar um desempenho assim. Mas para liderar o quesito, o técnico precisou dar um basta nos vacilos da zaga. Ainda no início do campeonato, o time teve uma média de um gol sofrido por jogo. Considerado alto para os padrões do Cruzeiro, o número preocupou o comandante.

"Pelo histórico do técnico com essa equipe, o fora da curva aconteceu antes. Nós nunca tomamos tantos gols como no início. Entra um pouco de relaxamento, algumas coisas que no início da temporada são diferentes. Mas eu sempre fui meio abusado para defender bem, minha equipe não podia sair três vezes na frente e levar o empate. Podemos ter dificuldades para não abrir no marcador, mas sair na frente e tomar o empate não serve. E os jogadores sabem disso. Ali foi feita a cobrança, e comprovamos que tínhamos razão, a partir dali as coisas foram diferentes", comentou o treinador, ao fim da primeira fase.

O momento citado que tirou Mano Menezes do sério aconteceu após a quarta rodada do estadual. No jogo anterior, o Cruzeiro abriu o placar, mas deixou o rival igualar o marcador e quase virar o clássico. Depois disso, a equipe foi até Varginha e ficou duas vezes em vantagem, mas saiu de lá com o empate por 2 a 2 contra o Boa.

"Nossa equipe toma poucos gols, e, nesse início de campeonato, jogou quatro partidas e só ficou uma sem sofrer gols. Esses ajustes que temos que fazer nesse início. Até um momento, são toleráveis, mas agora está na hora de acabar", falou, na época.

Uma comparação com o ano passado também ajuda a explicar o descontentamento de Mano. Em todos os 11 jogos da primeira fase mineira de 2018, o Cruzeiro sofreu apenas dois gols, metade do que havia levado em quatro partidas desse ano. Mas a cobrança surtiu efeito, e o time só voltou a ser vazado em uma vez nas sete partidas restantes do estadual.

Pode parecer pouco, mas a média de um gol sofrido por jogo que o Cruzeiro chegou a ter já era suficiente para deixar Mano realmente incomodado. Isso porque em 2018 ele bateu uma boa marca defensiva não só no estadual, mas em todo o Brasileirão. Com a quinta melhor defesa daquela edição, sua equipe levou apenas 34 gols nos 38 compromissos jogados, uma média de 0,8 por partida, inferior apenas ao desempenho do campeão, Palmeiras, o vice, Flamengo, além de Internacional e Grêmio, terceiro e quarto colocados, respectivamente.

Ministro finge para bancada do Amazonas, mas joga duro no plenário do STF contra ZFM

-

Para compartilhar esse conteúdo, por favor utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

LEIA A BULA: AVALIAÇÃO DA SAÚDE PÚBLICA NO AMAZONAS

 Siga o Holanda

Amazonas

Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.