Siga o Portal do Holanda

Esportes

Após decisão judicial, Cruzeiro informa que afastou Itair Machado do clube

Publicado

em

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Por meio de nota oficial, o Cruzeiro informou que acatou a decisão judicial de quarta-feira (10), sobre o afastamento de Itair Machado, vice-presidente de futebol, das atividades na agremiação. A determinação foi feita pelo desembargador Octávio de Almeida Neves, da 12ª Câmara Cível de Belo Horizonte.

"O Cruzeiro Esporte Clube informa que, em cumprimento à decisão do Tribunal de Justiça de Minas Gerais, antes mesmo de ser oficialmente comunicado, já providenciou o afastamento do Vice-Presidente de Futebol, Itair Machado. Itair esteve na manhã desta quinta (11), na Sede Administrativa do Clube, para repassar pendências relativas ao exercício das suas funções e demais providências administrativas", publicou o clube mineiro, em seu site oficial.

Na noite de quarta-feira, Itair recebeu o comunicado de que deveria se retirar imediatamente do posto na Toca da Raposa II. O afastamento é fruto de uma ação cível movida por conselheiros e sócios do clube. Entre eles, o ex-mandatário Gilvan de Pinho Tavares.

O documento assinado pelo juiz Octávio de Almeida Neves diz: "defiro a tutela de evidência recursal e afasto imediatamente o agravado Itair Machado de Souza do cargo de Vice-Presidente de Futebol do Cruzeiro Esporte Clube".

"Por consequência, o agravado fica impedido de praticar quaisquer atos de gestão inerentes ao cargo de Vice-Presidente de Futebol do Clube e de se valer de qualquer dos poderes outorgados no instrumento de procuração firmado pelo Cruzeiro (documento de ordem 16)", acrescentou.

O afastamento de Itair das atividades no Cruzeiro é confirmado pelo clube faltando menos de oito horas para o confronto da equipe contra o Atlético-MG. Às 20h desta quinta, os rivais se enfrentam no Mineirão, em partida válida pelas quartas de final da Copa do Brasil.

Vereador expõe mulher que só pegava no pé

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.


Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.