Homens são presos por venderem câmeras de espionagem em tênis

Por

03/07/2014 14h01 — em Famosos & TV

 


A polícia prendeu dois homens em Kyoto, no Japão, por venderem câmeras escondidas em calçados, o que permite que voyeurs secretamente fotografem as roupas íntimas de mulheres inocentes que estejam usando saias.

Takahiko Naito, 25 anos, e Atsuko Sonoda, 24, operavam um site chamado Camouflage Camera, e são acusados de ajudar na perturbação da ordem pública. De acordo com a polícia, os homens venderam ao menos três equipamentos, sabendo que eles seriam usados para tirar fotos de roupas íntimas femininas, um fetiche bastante popular no país, com milhões de imagens on-line.

Os calçados, vendidos por volta de R$ 50 têm uma lente na ponta virada para cima. O dispositivo é acionado por controle remoto. A investigação sobre os varejistas começou em fevereiro, depois que um cliente foi preso com fotografias de uma colega colegial.