Candidatos a prefeito de Manaus já investiram R$235 mil nas redes sociais

Por Portal do Holanda

27/10/2020 8h58 — em Eleições

Almeida (à dir.) ultrapassou Amazonino em número de seguidores no Instagram. Foto: Reprodução

Manaus/AM - Em cinco semanas, os candidatos à Prefeitura de Manaus já gastaram mais de R$ 235 mil em publicações patrocinadas nas redes sociais. Os dados foram divulgados pelo relatório Benchmarking Digital, da iMarketing Agência Digital. De acordo com a análise, teve candidato que investiu mais de R$ 70 mil só em peças patrocinadas nesse período.

Esse é o quinto relatório divulgado pela agência, que monitora o desempenho dos candidatos nas redes sociais. Nesta avaliação, os três políticos que mais investiram em publicidade paga foram: Alfredo Nascimento (PL), David Almeida (Avante) e Amazonino Mendes (Podemos), gastando entre R$ 24 mil e R$ 15 mil reais. Em quarto lugar, o candidato Ricardo Nicolau (PSD) gastou R$ 14 mil.

O relatório indica que o candidato Coronel Menezes (Patriotas) é quem lidera o engajamento nas redes sociais, com 43,17%, na frente dos candidatos Ricardo Nicolau e Amazonino Mendes.

As eleições em Manaus continuam impulsionando os eleitores a pesquisarem sobre os seus concorrentes, gerando um número alto de interações. Um dos candidatos que vem ganhando espaço, por exemplo, é Ricardo Nicolau, que aparece com 16,35 % em engajamento na sua página do Facebook.

Quanto ao aumento de seguidores no Instagram, o candidato Capitão Alberto Neto (Republicanos) vem liderando o ranking, ganhando na última semana, mais de 1.300 seguidores em seu perfil. Em seguida, David Almeida conseguiu 1.069 novos seguidores, ultrapassando Amazonino Mendes que recebeu 724 seguidores.

Os dados apresentados na pesquisa Benchmarking Digital: Eleições 2020 foram coletados a partir da ferramenta Fanpage Karma, que possibilita o monitoramento de diferentes indicadores de desempenho dos perfis profissionais das redes sociais. Dessa forma, foi possível acompanhar os dados atualizados das campanhas eleitorais.

O período de análise do relatório aconteceu entre os dias 18 e 24 de outubro. Confira aqui o relatório completo