Compartilhe este texto

Tebet admite preocupação com 'pauta-bomba' no Congresso e diz que governo não tem espaço fiscal

Por Estadão Conteúdo (Agência Estado)

23/04/2024 9h42 — em
Economia



A ministra do Planejamento, Simone Tebet, demonstrou preocupação com a chamada "pauta-bomba" no Congresso Nacional, admitindo que o governo não tem "espaço fiscal". Em sua avaliação, agora é hora de muita responsabilidade. "A gente tem que sentar todo mundo à mesa, dialogar e ver que uma medida, qualquer medida, qualquer projeto de impacto econômico que é aprovado no Congresso Nacional impacta todo o Brasil", disse a ministra a jornalistas nesta terça-feira, 23, quando, no período da manhã, teve reunião agendada com o vice-presidente da República, Geraldo Alckmin, para tratar da Rota de Integração.

Questionada se há uma preocupação em relação à "pauta-bomba", Tebet respondeu: "Sem dúvida alguma". Nós não temos gordura, margem de gordura, espaço fiscal."

A ministra deu como exemplo o Projeto de Emenda Constitucional (PEC) do Quinquênio. "Às vezes, uma PEC, uma medida, um projeto que lei que acha que vai impactar R$ 1 bilhão, impacta R$ 40 bilhões", disse.

"Pauta-bomba" é uma expressão usada para denominar projetos que geram gastos públicos e que estão na contramão do ajuste fiscal. Dentre elas, estão o pagamento de quinquênios para juízes e promotores, a desoneração previdenciária de municípios e o Programa Emergencial de Retomada do Setor de Eventos (Perse).

Apesar da preocupação, Tebet disse confiar muito no Congresso Nacional. "Sei que tem muita gente com racionalidade para entender que o caminho certo é o da responsabilidade fiscal", comentou.


Siga-nos no
O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

ASSUNTOS: Economia

+ Economia