Startups captam R$ 640 milhões em investimento

Por Folha de São Paulo / Portal do Holanda

23/07/2021 16h06 — em Economia

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Os investimentos em startups com atuação no mercado brasileiro anunciados nesta semana somaram cerca de R$ 640 milhões.

Quase metade do valor foi direcionado para a empresa Blu, fintech que integra dados de varejistas e fornecedores com o objetivo de reduzir as taxas de juros cobradas nas operações de antecipação de recebíveis.

Os setores de logística e imobiliário também se destacaram, com investimentos nas startups Cobli, de gestão de frotas para empresas, e EmCasa, para venda de imóveis.

Veja abaixo seis captações da semana.

*

Blu

A fintech, que atua conectando empresas e seus fornecedores para oferecer gestão e antecipação de recebíveis, obteve R$ 300 milhões em investimento liderado pela gestora Warburg Pincus. A empresa prevê o lançamento de novos produtos e avanço no mercado de franquias.

Cobli

A empresa de inteligência artificial e internet das coisas para gestão de frotas levantou R$ 175 milhões em investimento que veio principalmente do grupo japonês Softbank. A startup prevê investir no desenvolvimento de seguros e ferramenta de gestão de combustível. Qualcomm Ventures, NXTP Ventures, Fifth Wall e Valor Capital participaram da rodada.

EmCasa

A startup de comércio de imóveis que trabalha com corretores contratados e tour 3D online nas residências anunciadas recebeu investimento de R$ 110 milhões de grupos como Globo Ventures e Igá Ventures. A companhia, que oferece serviços em São Paulo e no Rio de Janeiro, prevê usar os recursos para expansão para mais mercados e investimento em tecnologia.

Clara

A fintech de gestão de gastos com cartão de crédito corporativo captou US$ 5 milhões (R$ 26 milhões) de executivos sócios de startups como Creditas e Rappi e investidores. O valor complementa os US$ 30 milhões levantados pela empresa em maio.

Árvore

A startup de leitura digital voltada para o setor da educação captou R$ 15,5 milhões, a maior parte do fundo Imaginable Future. A tecnologia da companhia é usada por 1,1 milhão de estudantes em 3.000 escolas. São 30 mil livros no acervo e uma plataforma de aprendizado a partir de notícias. Em breve, a empresa deverá ter ferramenta para estudo de inglês.

Darwin

Iniciada em fevereiro, a seguradora online captou R$ 11 milhões dos fundos de venture capital Invisto Capital e Duxx Investimentos, além de investidores individuais. A empresa deve entrar no mercado com a venda de seguros de automóvel online que levará em conta comportamento do motorista identificado por seu smartphone para definir preços.


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Economia