Soja domina embarques em trens na ferrovia Norte-Sul no primeiro semestre

Por Folha de São Paulo / Portal do Holanda

04/03/2021 17h35 — em Economia

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O transporte de soja vai dominar os embarques no primeiro semestre no terminal ferroviário de São Simão (GO), inaugurado nesta quinta-feira (4) e que faz parte do primeiro dos três trechos da ferrovia Norte-Sul operados pela concessionária Rumo.

O trecho já estava em funcionamento desde a segunda semana de fevereiro, sempre transportando soja até o porto de Santos, o principal do país.

O trem que marcou oficialmente a inauguração do terminal ferroviário na cidade goiana também deixou o local nesta quinta com 120 vagões carregados de soja, cenário que só deve deixar de ocorrer a partir de julho, de acordo com o presidente da Rumo, José Alberto Abreu.

“Até junho, julho, praticamente esse vai ser o produto a ser transportado. Provavelmente a partir do segundo semestre a gente vai começar a descer com milho. E tem farelo também”, afirmou.

A Norte-Sul é uma ferrovia cuja história se arrasta desde a década de 1980. Em 13 de maio de 1987, a Folha publicou reportagem de Janio de Freitas que mostrou que a concorrência para a construção da ferrovia tinha sido uma farsa. De forma cifrada, o resultado dos vencedores da concorrência tinha sido publicado cinco dias antes.

O trecho aberto tem 172 km e conecta a cidade goiana a Estrela D’Oeste, no interior de São Paulo, que integra a chamada malha paulista, já operada pela Rumo.

Com a inauguração da rota, Abreu afirmou que São Paulo se conectará com outras regiões brasileiras, o que poderá ser importante para o transporte de cargas em geral.

“Todo o provedor de combustíveis de Mato Grosso, de diesel e gasolina, é São Paulo. Falamos de grãos, mas a Rumo sobe [a partir de Santos] com diesel, gasolina, e abastece aquele estado com combustível, já que não tem refinaria. E desce com etanol de milho, por outro lado”, afirmou.

A concessionária investiu R$ 711 milhões em obras, que incluem terminal, pontes e dezenas de quilômetros de trilhos.

O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Economia