PIS começa a ser pago na próxima terça-feira

Por

12/07/2014 11h27 — em Economia

Benefício referente ao exercício 2014/2015 pode ser sacado até junho do ano que vem Brasil, Benefícios Sociais

A Caixa Econômica Federal inicia na próxima terça-feira (15) o crédito do abono salarial e dos rendimentos do PIS (Programa de Integração Social) referente ao período 2014/2015. A partir deste dia 15, estarão disponíveis os valores para os trabalhadores que são nascidos em julho. O abono corresponde a um salário mínimo vigente (R$ 724, hoje). Mais de 23 milhões de brasileiros têm direito a receber o benefício. Os créditos representam mais de R$ 17 bilhões.

Pelo  Calendário para Pagamento do Abono Salarial e dos Rendimentos do PIS, que foi antecipado este ano, quem faz aniversário em julho, agosto e setembro, começa a receber o primeiro lote nos dias 15, 22 e 31 de julho, respectivamente. Para nascidos em outubro, novembro e dezembro, o pagamento será feito em 14, 21 e 28 de agosto. Os nascidos em janeiro, fevereiro e março receberão nos dias 16, 23 e 30 de setembro. Para aniversariantes de abril, maio e junho o dinheiro sai 14, 21 e 31 de outubro. Para os correntistas da Caixa, o benefício será depositado no 15 de julho (nascidos entre os meses 7, 8 e 9), 14 de agosto (meses 10, 11 e 12), 16 de setembro (meses 1, 2 e 3) e 14 de outubro (meses 4, 5 e 6). O benefício pode ser sacado até o dia 30 de junho de 2015.

Como receber

O abono salarial pode ser pago por meio do crédito em conta, quando o trabalhador possui conta individual na Caixa, por meio de crédito na folha de pagamento, se o empregador tiver celebrado convênio Caixa PIS-Empresa, nos terminais de autoatendimento, nos correspondentes Caixa Aqui, nas casas lotéricas e nas agências da Caixa.

No caso de o beneficiário ter que sacar o dinheiro, é preciso que ele apresente o número do PIS e um documento de identificação.  São aceitos a carteira de identidade, a carteira de habilitação, carteira funcional reconhecida por decreto, a carteira de identidade de estrangeiros, passaporte emitido no Brasil ou exterior e a carteira de trabalho e previdência social.

Quem tem direito ao abono

É assegurado um salário mínimo ao trabalhador cadastrado no PIS há pelo menos cinco anos, cuja remuneração média mensal tenha sido de até dois salários mínimos no ano-base que gerou o benefício. Também é preciso ter tido atividade remunerada por pelo menos 30 dias no ano da apuração e os dados do trabalhador devem ter sido informados pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS).