Compartilhe este texto

Ministério da Pesca anuncia concurso com 264 vagas e salário de R$ 6.130

Por Folha de São Paulo

21/06/2024 14h30 — em
Economia



SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O Ministério da Pesca e Aquicultura anunciou concurso para 264 vagas de nível superior em diferentes áreas da pasta e das superintendências federais.

As inscrições serão abertas na segunda-feira (24), às 12h, e vão até 25 de julho, às 23h59, no site do Idecan (Instituto de Desenvolvimento Educacional Cultural e Assistencial Nacional). A taxa é de R$ 62.

A prova terá 70 questões de múltipla escolha, sendo 30 de conhecimentos básicos (dez de português, cinco de raciocínio lógico, cinco de informática e dez de ética e noções de administração pública) e 40 de conhecimentos específicos, que terão a pontuação dobrada.

O edital indica que o exame ocorrerá em 11 de agosto, das 14h às 18h (horário de Brasília). A prova será realizada nas capitais dos 26 estados e no Distrito Federal, com os locais sendo divulgados em 2 de agosto. O gabarito será anunciado em 12 de agosto.

Vagas no Ministério da Pesca e Aquicultura

Administração - 12 vagas

Arquitetura - 1 vaga

Biologia - 6 vagas

Ciências contábeis - 2 vagas

Design Gráfico - 2 vagas

Direito - 16 vagas

Economia - 8 vagas

Engenharia civil - 3 vagas

Engenharia de aquicultura - 9 vagas

Engenharia de pesca - 20 vagas

Engenharia de zootecnia - 6 vagas

Estatística - 2 vagas

Gestão pública - 8 vagas

Jornalismo - 7 vagas

Marketing - 1 vaga

Matemática - 2 vagas

Medicina veterinária - 7 vagas

Oceanografia e Oceanologia - 20 vagas

Recursos humanos - 7 vagas

Serviço social - 2 vagas

Sociologia - 4 vagas

Tecnologia da Informação - 17 vagas

Outras áreas de nível superior - 30 vagas

Vagas em Superintendências Federais

Engenharia de Pesca e Oceanografia/Oceanologia - 27 vagas

Outras áreas de nível superior - 45 vagas

A seleção terá validade de dois anos com a possibilidade de ser prorrogada por mais dois anos.


Siga-nos no
O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

ASSUNTOS: Economia

+ Economia