Compartilhe este texto

Marinha terá concurso público para sargento músico; veja quem pode participar

Por Folha de São Paulo

03/03/2024 7h30 — em
Economia



SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A Marinha do Brasil irá abrir concurso público para o curso de formação de sargentos músicos do Corpo de Fuzileiros Navais. O edital com as regras foi publicado nesta quinta (29). As inscrições começam em 3 de abril e irão até dia 15 de maio.

Serão 15 vagas de nível médio para ingresso no curso de formação de sargentos músicos em 2025. O salário inicial é de R$ 1.414,82 durante o curso e, após a conclusão, passará a ser de R$ 6.234,75.

A taxa de inscrição é de R$ 95. Mais informações podem ser encontradas no edital neste link.

As vagas ofertadas para o curso de sargento são para os seguintes instrumentos:

Clarinete em Sib, com 3 vagas Saxofone-alto em Mib, com 1 vaga Saxofone-barítono em Mib, com 1 vaga Trompete em Sib, com 2 vagas Trompa em Fá, com 2 vagas Trombone-tenor em Dó, com 2 vagas Eufônio, com 2 vagas Tímpanos, com 1 vaga Harpa, com 1 vaga O concurso terá prova específica de música, de caráter eliminatório e classificatório, com 25 questões objetivas de múltipla escolha relacionadas a acordes, história e compositores dos hinos brasileiros, série harmônica e outros tópicos relacionados à música.

O curso tem duração de cerca de 18 semanas e é realizado no Centro de Instrução Almirante Sylvio de Camargo, no Rio de Janeiro. Os aprovados recebem uniforme, alimentação e direito a assistência médica, odontológica, psicológica, social e religiosa.

Após a conclusão do curso, o aprovado será contratado no posto de 3º sargento, e o valor total do salário passará para R$ 6.234,75.

Para participar do concurso, é necessário ter entre 18 e 25 anos até 30 de junho de 2025 e ensino médio completo. Além disso, é preciso estar em dia com as obrigações militares e eleitorais.


Siga-nos no
O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

ASSUNTOS: Economia

+ Economia