IBM e Fapesp vão investir US$ 10 milhões em centro de pesquisas em inteligência artificial

Por Folha de São Paulo / Portal do Holanda

14/02/2019 0h00 — em Economia

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A IBM e a Fapesp (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo) vão investir US$ 10 ,milhões (cerca de R$ 37,5 milhões) em um centro de pesquisas em inteligência artificial dentro de uma universidade a ser escolhida por meio de edital.

Nele, serão desenvolvidas pesquisas em cinco áreas prioritárias: recursos naturais, agronegócio, ambiente, finanças e saúde.

O projeto terá duração de até 10 anos, durante os quais IBM e Fapesp vão injetar US$ 500 mil anuais.

A Universidade selecionada será responsável por fornecer instalações físicas, laboratórios, professores, técnicos e administradores para gerir o centro.

Ulisses Mello, diretor da IBM Research Brasil, diz que iniciativas como essa permitem à companhia produzir estudos em áreas nas quais estão as principais demandas do mercado brasileiro.

Ele explica que os investimentos serão feitos principalmente na contratação de especialistas. No centro, profissionais da IBM deverão atuar ao lado de professores e pesquisadores da universidade, diz.

"Será um modelo de trabalho em conjunto, não vamos só colocar o dinheiro e esperar o resultado."

Segundo ele, o centro criado em parceria com a Fapesp irá produzir tanto pesquisa básica (para ampliar conhecimento sobre a área) como também aplicada (para o desenvolvimento de novas tecnologias).

A IBM já conta com um centro de pesquisas em inteligência artificial no Brasil desde 2010.

O laboratório estuda aplicações da inteligência artificial em setores de destaque no mercado brasileiro, como agronegócio e extração de recursos naturais, além de trabalhar no aprimoramento do processamento da língua portuguesa por ela.

O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Economia