Guedes: Em Brasília tem sempre novidade, um corre-corre, um desafio

Por Estadão Conteúdo / Portal do Holanda

20/10/2021 19h47 — em Economia

O ministro da Economia, Paulo Guedes, iniciou a sua fala na 48ª edição do Melhores e Maiores da Revista Exame, justificando sua participação no evento de forma virtual. Inicialmente, era para o ministro ter ido a São Paulo para o evento, mas compromissos econômicos o prenderam em Brasília. O governo corre contra o tempo para fechar o formato do Auxílio Brasil. "Brasília tem sempre novidades, um corre-corre, um desafio", disse o ministro.

Guedes voltou a destacar os feitos do governo e de sua pasta nos quase três anos da atual gestão.

"Temos avançado com as reformas. Desde o começo do governo eu dizia que nosso compromisso era com o corte de despesas", reforçou o ministro acrescentando que sempre confiou no presidente Jair Bolsonaro que, segundo ele, joga dentro das quarto linhas da Constituição; no Congresso, que é reformista; e na mídia, que fez bom trabalho na divulgação das reformas.

O ministro voltou a dizer que todos - governo, Congresso e mídia - cometem seus erros porque em todos os setores há bons e maus profissionais. "Cometemos erros aqui e ali, mas as instituições estão funcionando", disse Guedes.

Ele lembrou que recentemente esteve na reunião do G20, grupo dos 20 países mais ricos do mundo, onde mostrou para os participantes do encontro que a economia do Brasil caiu menos que a média dos países avançados.

"Tenho condições de criar e estamos entregando reformas. Esse ano já foi o BC independente", disse o ministro, que, entre outras coisas, ressaltou a redução das despesas com a pandemia de 26,5% do PIB no ano passado para 19,5% este ano, seguida de outra baixa a 18% no ano que vem.


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Economia