Compartilhe este texto

Governo vai pagar Bolsa Família para mais 21,6 mil famílias do RS nesta quarta (29)

Por Folha de São Paulo

27/05/2024 17h32 — em
Economia



BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - O Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome incluiu 21.681 famílias do Rio Grande do Sul, que foram atingidas pelas inundações, na lista de beneficiários do programa social Bolsa Família.

Essas pessoas vão receber o benefício de maio em uma folha de pagamento extra nesta quarta-feira (29) e, a partir do próximo mês, poderão sacar os recursos no cronograma normal do programa social.

A pasta comandada por Wellington Dias ainda acrescenta que vai seguir o trabalho de busca ativa, nos abrigos das cidades gaúchas, para detectar pessoas que preencham os requisitos para serem incluídas no programa social.

"Vamos seguir no programa com a busca ativa, porque outras famílias entraram em vulnerabilidade e vão preencher os requisitos", afirmou o ministro à Folha.

Ainda segundo Dias, a inclusão de novas famílias significa um adicional de R$ 15,6 milhões. Antes disso, o programa já atendia 651 mil famílias do estado.

O último acréscimo de novos beneficiários, em abril, portanto antes da tragédia climática, continha um total de 170 mil famílias em todo o país, sendo que apenas 1.800 eram gaúchas. O ministério afirma que as novas famílias beneficiárias receberão valores médios de R$ 720.

O Rio Grande do Sul vem sofrendo há quase um mês os danos causados por uma calamidade climática, que já deixou um total de 169 mortos e 581.638 desalojados.

Durante viagem ao estado, em meados de maio, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) anunciou uma série de medidas para o estado, entre elas a inclusão de 21 mil famílias no programa Bolsa Família.

Dias também explica que a inclusão dessas famílias no CadÚnico (Cadastro Único), banco de dados do governo, usado para o pagamento de programas sociais, também significa que poderão usufruir de outros programas, como ter prioridade no Minha Casa Minha Vida e receber Auxílio Gás e Farmácia Popular.

Como muitas famílias gaúchas perderam seus documentos nas enchentes, o governo vai adotar como critério uma declaração feita pelos candidatos.

Dias orienta que o documento, "suficiente para a retirada do benefício", seja solicitado às equipes de assistência social dos abrigos.

O programa contempla famílias inscritas no Cadastro Único de programas sociais e com renda de até R$ 218 por pessoa.

Pelo trâmite regular, essas famílias receberiam a primeira parcela só no mês de junho, uma vez que a folha de maio já está fechada e começou a ser paga no dia 17 deste mês.


Siga-nos no
O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

ASSUNTOS: Economia

+ Economia