Compartilhe este texto

Economistas aumentam previsão da inflação e mantêm Selic sem cortes no ano

Por Folha de São Paulo

24/06/2024 9h30 — em
Economia



Cole a URL: https://www1.folha.uol.com.br/mercado/2024/06/economistas-acreditam-que-selic-nao-tera-mais-cortes-no-ano-e-aumentam-previsao-da-inflacao.shtml

SÃO PAULO

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Os economistas ouvidos pelo Banco Central mantiveram a previsão da Selic em 10,5% ao final deste ano, após a decisão do Copom (Comitê de Política Monetária) da instituição de acabar com o período de cortes e manter o índice neste patamar. Com isso, o mercado avalia que não haverá mais redução da taxa de juros em 2024.

Em compensação, os analistas aumentaram a inflação e o PIB (Produto Interno Bruto) de acordo com o boletim Focus, divulgado na manhã desta segunda-feira (24).

A decisão unânime do Copom, divulgada na última quarta-feira (19), de manter a taxa em 10,5% foi alvo de críticas do presidente Lula, que afirmou que o presidente do BC, Roberto Campos Neto, é um adversário e que a troca no comando da instituição no final deste ano trará "normalidade" à política monetária do país.

O anúncio do Copom de encerrar o período de cortes na Selic já era esperada pelos analistas, que haviam previsto a taxa em 10,5% na semana passada.

O mercado acredita que o aumento de preços terminará 2024 em 3,98%, uma variação positiva de 0,02 ponto percentual em relação ao último levantamento.

É a sétima semana consecutiva que os analistas elevam a sua expectativa para o IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo). Em 6 de maio, quando começou a sequência de altas, a previsão era que a inflação fechasse o ano em 3,72%. Nesta segunda, os economistas também cresceram a previsão para 2025 para 3,85%.

O centro da meta oficial para a inflação em 2024, 2025 e 2026 é de 3,00%, sempre com margem de tolerância de 1,5

Já o PIB subiu para 2,09%, alta de 0,01 ponto percentual em relação à semana passada. Nos três anos seguintes, houve manutenção do índice em 2%. Na Selic, também não houve variação para 2025 (9,5%), 2026 (9%) e 2027 (9%).

A previsão para o dólar neste ano voltou a subir pela segunda semana seguida, indo a R$ 5,15, mesma previsão para 2025 e 2026.

O boletim Focus é divulgado toda segunda-feira pelo BC e ouve economistas do mercado.


Siga-nos no
O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

ASSUNTOS: Economia

+ Economia