Compartilhe este texto

Caixa vai devolver taxa de inscrição a candidato do Sul que não quiser participar de concurso

Por Folha de São Paulo

16/05/2024 14h00 — em
Economia



SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Os candidatos do Rio Grande do Sul que optarem por não prestar o concurso da Caixa Econômica Federal podem pedir o reembolso da taxa de inscrição até domingo (19). A decisão foi publicada no Diário Oficial da União desta quinta-feira (16), com outras orientações sobre o certame.

A seleção tem mais de 4.000 vagas para ensinos médio e superior com salários de até R$ 14,9 mil. As inscrições custaram de R$ 50 e R$ 65, conforme a escolaridade.

Caso seja do Rio Grande do Sul, mas tenha se inscrito para trabalhar em outro estado, o candidato para o cargo de técnico bancário novo deverá alterar a cidade de prova para outro local ou alterar a opção de UF/macropolo para o RS e realizar a prova em outra data.

Os candidatos que concorrem ao cargo de técnico bancário novo na área de tecnologia da informação que sejam do Rio Grande do Sul, mas que optaram no ato da inscrição por realizar suas provas em outro estado, terão as provas adiadas, mas só poderão alterar o local quando for divulgada a nova data do exame.

Para fazer as mudanças, é preciso acessar o site da Fundação Cesgranrio, seguindo as orientações previstas no edital, até domingo, 19 de maio.

Na última sexta (10), a Caixa decidiu adiar as provas objetivas e de redação de seu concurso para os candidatos do Rio Grande do Sul devido à situação de calamidade pública provocada pelas enchentes no estado.

A nova data ainda não foi divulgada. Nos demais estados, a aplicação do exame está mantida para o próximo dia 26 de maio.

Ao todo, mais de 1,2 milhão de candidatos se inscreveram no concurso da instituição financeira. O cargo mais procurado é o de técnico bancário novo para carreira geral no banco, que superou um milhão de candidatos (1.072.983) para as 2.000 vagas disponíveis.

Os aprovados em todos os cargos ofertados terão benefícios como assistência à saúde, previdência complementar, PLR (Participação nos Lucros e Resultados), auxílios alimentação e refeição, vale-transporte, auxílio-creche e acesso a ações de capacitação e desenvolvimento.

A convocação está marcada para começar a partir de agosto deste ano. O concurso terá validade de um ano, prorrogável por igual período, a critério da Caixa.

Uma série de outros processos seletivos já foram adiados por causa das enchentes no Sul, entre eles estão o o CNU (Concurso Nacional Unificado), que deixou de ser feito em todo o país e ainda não tem data, as provas do Banco Central, da CVM (Comissão de Valores Mobiliários), do Inmetro (Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia) e de diversos órgãos.


Siga-nos no
O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

ASSUNTOS: Economia

+ Economia