Bebê ganha direito vitalício de voar por companhia ao nascer durante voo

Por Folha de São Paulo / Portal do Holanda

21/09/2020 20h34 — em Economia

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Um bebê nasceu durante um voo que saiu do Cairo, no Egito, com destino a Londres. Não deu tempo de pousar para que ele tivesse a oportunidade de nascer em um hospital, e um médico fez o parto dentro do avião.

Com isso, o bebê ganhou o direito de viajar pelo resto da vida com a companhia EgyptAir. A viagem durava cinco horas. A mulher entrou em trabalho de parto logo no começo do voo MS777.

A mensagem da companhia aérea pelo Twitter parabenizava mãe e filho e informava que o "novo cliente" havia ganho viagens vitalícias para qualquer destino que a empresa ofertar.

De acordo com a companhia, o pouso de emergência seria feito em Berlim, na Alemanha. Mas essa não foi a primeira vez que um parto foi realizado dentro de um avião. Outro caso aconteceu em 2009 quando uma mulher de 31 anos deu à luz em pleno ar na companhia AirAsia.