Bares, restaurantes e shoppings pretendem aumentar equipes ainda em 2021

Por Folha de São Paulo / Portal do Holanda

05/12/2021 16h33 — em Economia

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Representantes de bares, restaurantes e shopping centers, setores afetados duramente pela pandemia do coronavírus no ano passado, mantêm projeções otimistas para a recuperação de suas atividades nos próximos meses, apesar da chegada da variante ômicron.

"A disposição do consumidor de voltar com força a frequentar bares e restaurantes e o aumento do emprego estão nos levando a um crescimento real de 3% neste segundo semestre, comparado com 2019", diz Paulo Solmucci, presidente da Abrasel, associação do setor.

Ele prevê que o segmento chegará ao fim deste semestre com geração de 600 mil novos postos de trabalho. De julho a setembro, foram criadas 450 mil vagas, segundo a associação.

Para a Abrasce, que representa os shopping centers, a continuidade da expansão do setor de serviços tende a contribuir com os negócios dos lojistas. Dados divulgados na semana passada mostraram crescimento de 1,1% dos serviços no terceiro trimestre, quando o PIB (Produto Interno Bruto) caiu 0,1%.

Segundo a entidade, o setor deve contratar 98 mil trabalhadores temporários no último semestre deste ano, o equivalente a 10% de sua força de trabalho no fim do ano passado. A conta inclui funcionários recrutados para a temporada de promoções da Black Friday e outros que trabalharão no Natal.


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Economia