Siga o Portal do Holanda

Medo

Em meio a boatos de nova rebelião, detentos não receberão visitas no Natal e Ano Novo

Publicado

em

Foto: Pedro Braga Júnior/Portal do Holanda

Manaus/AM - Após a chacina no campo de futebol que vitimou seis pessoas na última terça-feira (12) na Compensa, rumores de uma nova rebelião nos presídios de Manaus tem ganhado força e deixado familiares de detentos em alerta. Eles reclamam que não poderão visitar os presos nos dias 25 dezembro e 1º de janeiro e cobram explicações da Secretaria de Administração Penitenciária (Seap).

Entramos em contato com a assessoria do órgão que explicou como funciona o calendário das unidades. Segundo a Seap, os dias oficiais de visitas sempre foram os sábados e domingos e como este ano será o Natal e o Ano Novo serão na segunda-feira, eles continuarão a receber visitas apenas no fim de semana - 23 e 24; 30 e 31 de dezembro -  portanto, nada mudou.

O órgão também afirma que a decisão nada tem a ver com os boatos de rebelião. No primeiro dia desse no, um massacre no Compaj entrou para a história como o maior do Amazonas e o segundo maior do Brasil, ficando atrás só do Massacre do Carandiru. Na ocasião, 56 detentos foram torturados e mortos no presídio.

Facções criminosas com poder de influenciar eleição para prefeito de Manaus

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.